Mobieco

Publicidade

Será?! Geely apresenta nova bateria capaz de fazer 1 milhão de kms

Texto: Francisco Cruz
Data: 4 de Julho, 2024

O fabricante automóvel chinês Geely acaba de apresentar uma nova bateria de fosfato de ferro e lítio, com a qual, assegura, será possível cumprir até 1 milhão de quilómetros e durar até 50 anos!

A nova bateria, batizada de Short Blade, apresenta um diafragma aprimorado, capaz de oferecer melhores resultados em termos de densidade de energia, mas também segurança. Com a Geely a acrescentar que, esta nova solução, não só carrega mais rápido, como apresenta um melhor funcionamento em ambientes frios, além de resistir, de forma mais eficaz, a abusos graves.

A justificar tais certezas, a utilização de materiais de elétrodo dopado com outros elementos, de forma a reduzir significativamente os níveis de reacção química interna, algo que a Geely diz ser uma das principais razões pelas quais este novo tipo de bateria pode oferecer uma vida útil prolongada.

As novas baterias Short Blade
As novas baterias Short Blade

Ainda segundo o fabricante, a nova bateria pode ser carregada até 3.500 vezes, o equivalente a um milhão de quilómetros de condução, tudo isto, com um “impacto mínimo na autonomia da bateria”. A qual, além de anunciar uma capacidade de 192 kWh/kg, consegue ser também cerca de 40% mais curta que uma bateria Blade tradicional. 

Por outro lado e fruto, igualmente, do aumento da vida útil, a Geely recorda que, tal não só ajudará no valor residual dos veículos elétricos usados, como reduzirá as emissões de carbono em mais de 80 000 toneladas por ano.

Entretanto, testes realizados com baterias, tanto de lâmina curta, como de lâmina longa, ambas com a mesma capacidade, concluíram que a curta carrega mais rapidamente, ao conseguir repor dos 10 aos 80% da capacidade, em apenas 17 minutos e 4 segundos. Já a bateria de lâmina longa, demorou 26 minutos.

LEIA TAMBÉM
BYD e Geely na corrida por PHEV com autonomia até 2000 km

Quanto à capacidade de retenção de energia, a lâmina longa viu a energia cair para 78,96%, quando em situações de temperaturas negativas de -30 graus centígrados, enquanto a curta manteve 90,54% do nível de energia, nas mesmas condições.

Finalmente, a Geely assinala o nível de segurança alcançado com esta nova bateria, a qual, em caso de perfuração, beneficia de uma camada em folha de alumínio para, ao fundir-se automaticamente no diafragma da bateria, criar uma camada isolante, evitando situações de curto-circuito ou fuga térmica. O mesmo acontecendo em caso de disparo de arma com bala de 5,8 mm, situação em que não foi detetado qualquer evento de ignição térmica.

Também em caso de imersão na água do mar, atirada ao fogo, submetida a ambientes extremamente frios, atingida lateralmente, esmagada por 26 toneladas ou raspada, a nova bateria acabou passando o teste com louvor.

Quando é que poderemos ver esta nova bateria aplicada em veículos do dia-a-dia? Infelizmente, essa foi uma das informações que a Geely não divulgou…