Publicidade

Pela Astara. SsangYong vai regressar a Portugal como KG Mobility

Texto: Carlos Moura
Data: 9 de Fevereiro, 2024

A Astara anunciou que vai distribuir os veículos da SsangYong em Portugal que serão comercializados sob a marca KG Mobility. O primeiro modelo, que chega já em junho, é o SUV Torres.

A SsangYong vai regressar a Portugal como KG Mobility e a sua distribuição no mercado nacional será assegurada pela Astara, segundo revelou o diretor-geral da empresa Francisco Geraldes durante um encontro com a empresa para apresentação do balanço de 2023 e perspetivas de negócio para 2024.

O fabricante sul-coreano SsangYong atravessou dificuldades financeiras e foi forçada a encontrar uma nova estrutura acionista para não desaparecer por completo. A solução acabou por surgir na forma do KG Group, também da Coreia do Sul, que decidiu avançar para a aquisição da maioria do capital, garantindo a continuidade de uma marca automóvel fundada em 1954 e que está presente em todos os continentes.

O primeiro modelo da KG Mobility a ser comercializado pela Astara no mercado nacional, a partir de junho vai ser o Torres, um SUV de segmento C/D com comprimento exterior de 4,70 metros, disponível com uma motorização a gasolina de 1,5 litros com 163 cv. Este modelo também será proposto numa versão elétrica com bateria de 73,4 kWh que permite percorrer até 500 quilómetros entre carregamentos. A propulsão está a cargo de um motor elétrico com 150 kW (201 cv).

Outra aposta da Astara para esta marca sul-coreana será a pick-up Musso, que está a registar uma boa aceitação no mercado europeu, designadamente no britânico, bem como o Korando, um SUV de segmento C.

Melhor ano para a Kia

Em termos de balanço relativo ao ano de 2023, a Astara, que está a assinalar o seu 25º aniversário no nosso país, comercializou um total de 12 115 veículos, incluindo usados. A Kia registou o melhor ano de sempre em termos de volume no ano passado, com 7012 unidades matriculadas. 

A Mitsubishi, por sua vez, entrou num novo ciclo com produtos da Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi, que teve início com o lançamento dos modelos ASX e Colt. A Isuzu viu consolidar a sua posição no segmento das pick-up, enquanto a oferta nos pesados irá ser reforçada, pelo que esta marca deverá continuar a registar um crescimento significativo.

A Fuso manteve a liderança no seu segmento com a Canter diesel e oferta foi reforçada com a introdução da e-Canter.

A Maxus, especializada em veículos comerciais elétricos, tem vindo a reforçar a sua oferta num segmento que está a assinalar um forte crescimento no mercado nacional.

LEIA TAMBÉM
Astara fornece 40 pick-up Isuzu D-Max 4×4 à Proteção Civil

Relativamente a 2024, as previsões da Astara apontam para a comercialização de 13 152 unidades, incluindo usados, o que se traduzirá num aumento de 8,6% face a 2023.    

De acordo com o diretor-geral da Astara, Francisco Geraldes, o mercado português deverá registar em 2024 um volume de vendas semelhante ao de 2023. Com o desaparecimento de alguns constrangimentos nas cadeias de abastecimento, a disponibilidade de produto deverá aumentar, mas, por outro lado, as condicionantes económicas serão mais difíceis, travando as vendas.