Mobieco

Publicidade

Depois de uma década de trabalho. Apple desiste do projecto do iCar

Texto: Francisco Cruz
Data: 28 de Fevereiro, 2024

Descrito por muitos como um dos projectos mais ambiciosos da tecnológica norte-americana, que começou a ser trabalhado ainda durante a liderança do icónico fundador da Apple, Steve Jobs, o iCar já não vai, afinal, sair do reino do sonhos. Ou, pelo menos, não para já e com a atual liderança!

A notícia foi avançada pela agência noticiosa Bloomberg, com base em informações apuradas junto de fontes não identificadas mas conhecedoras de todo o processo, segundo as quais terá sido o vice-presidente da Apple responsável pelo projecto do iCar, Kevin Lynch, juntamente com o COO da companhia, Jeff Williams, a comunicar internamente o fim do desafio.

Embora nunca tenha sido oficialmente apresentado ao mundo, relatórios internos da Apple vieram já confirmar que a marca da maçã tem vindo a trabalhar num automóvel 100% elétrico desde 2014, com a ambição declarada de criar um veículo verdadeiramente referencial – equipado com navegação ativada por voz, capacidades de condução autónomas, além de um design luxuoso.

Uma das últimas supostas imagens do iCar junto do então CEO da Apple, Tim Cook
Um dos últimos estudos sobre o iCar junto do CEO da Apple, Tim Cook

Já no início deste ano, veio a público a informação de que o projecto havia atingido um ponto decisivo no processo de desenvolvimento, o qual, acredita-se agora, não terá obtido os resultados pretendidos.

Entretanto e segundo também avança a Bloomberg, a decisão de encerrar o projecto do iCar deverá conduzir a um número ainda não apurado de despedimentos, embora exista também a possibilidade de alguns dos elementos poderem vir a ser transferidos para outros projectos, nomeadamente, no domínio da Inteligência Artificial. Cuja vertente generativa tem vindo a tornar-se uma prioridade cada vez maior na Apple.

Economia e mercado também não ajudam 

Recordar, ainda, que a decisão de colocar um ponto final num projecto que relatórios internos anteriores já denunciavam não contar com o apoio da totalidade dos gestores seniores da empresa, levando mesmo a que fosse colocada em cima da mesa a hipótese de reduzir as suas ambições, ou até mesmo cancelá-lo (algo que veio agora a suceder), surge numa altura de aumento das taxas de juro, assim como dos receios quanto à rentabilidade.

LEIA TAMBÉM
Com downgrade nas expectativas. Apple volta a adiar o seu primeiro carro

A juntar a estes factores, o arrefecimento global na procura por veículos elétricos, mas também os vários acidentes que têm ocorrido com veículos autónomos, em particular nos EUA, e que têm contribuído para minar a confiança do público nestas soluções.

De resto, todos estes aspectos acabaram, mesmo, por alimentar o cepticismo entre os investidores, os quais deram já mostras de apoiar o fim do projecto do iCar, ao contribuirem para um aumento do valor das acções da Apple, uma vez conhecidos estes relatórios.