Publicidade

VW busca aliança germânica na condução autónoma

Texto: Nuno Fatela
Data: 25 de Janeiro, 2019

O maior fabricante automóvel do país está a encetar esforços para forjar uma colaboração abrangente entre fabricantes e fornecedores de componentes germânicos com vista à condução não-tripulada.

A condução autónoma é considerada uma das transformações mais difíceis que a indústria automóvel enfrentou ao longo da história. Sabendo que os custos para a implementação desta tecnologia são bastante avultados, a Volkswagen espera agora congregar os esforços das várias empresas germânicas do ramo automóvel para a criação de uma plataforma aberta de desenvolvimento que permita diluir os custos. Com o CEO do Grupo VW, Herbert Diess, a ser um dos principais impulsionadores desta aliança germânica na condução autónoma, foi agora revelado que março poderá ser o momento para a apresentação do projeto.

 

A intenção do Grupo VW será juntar nesta mesma plataforma os Grupos BMW e Daimler, bem como os fornecedores de componentes Bosch e Continental. Isto significa que, se esta aliança avançar, teremos reunidas cinco das maiores empresas mundiais do sector automóvel. Da parte da BMW haverá, aparentemente, abertura para se juntar ao projeto, com o fabricante bávaro a responder, em email à Automotive News, que poderia trabalhar numa plataforma não-exclusiva com outros rivais, fornecedores e empresas da área das novas tecnologias. Além disso, a BMW já está aliada à FCA, Intel e Mobileye em outro projeto de condução autónoma.

Para a VW a entrada nesta plataforma não seria nada de novo, Afinal, o fabricante de Wolfsburg já está também a trabalhar com a plataforma aberta da Baidu, na China, e com aquela que está a ser criada pela Aurora, uma empresa formada por antigos especialistas de condução autónoma da Google, Tesla e Uber. E, além disso, também está a ponderar alargar a cooperação com a Ford para que abarque também estas tecnologias.

 

A Daimler declinou comentar esta possibilidade. No entanto, é de referir que recentemente surgiram informações sobre uma possível aliança entre a Mercedes e BMW. Ela estaria focada principalmente no desenvolvimento conjunto de compactos, mas outro tema em análise nesta potencial cooperação no campo da condução autónoma.

 

Fonte: Automotive News Europe