Publicidade

Volvo FH com I-Save ganha testes de consumo

Texto: Carlos Moura
Data: 21 de Junho, 2022

Em vários testes de consumo de combustível realizados por publicações independentes alemãs, o Volvo FH com I-Save obteve os melhores resultados e ganha à concorrência.

As revistas independentes alemãs “Trucker” e “Transport” testaram recentemente o Volvo FH 500 com I-Save e outros camiões de fabricantes europeus. O modelo sueco foi o vencedor nos testes de consumo de gasóleo e AdBlue. Não obstante o baixo consumo, o veículo da Volvo também alcançou uma elevada velocidade média no ensaio da “Trucker” e no da revista “Transport” chegou mesmo a bater os concorrentes em velocidade.

“Os nossos engenheiros conseguiram combinar uma elevada velocidade com um consumo de combustível muito baixo, o que é um feito extraordinário”, afirma Peter Franzén, gestor de produto de motores na Volvo Trucks.

. “Muitas vezes é necessário escolher um ou outro, mas conseguimos provar que se consegue combinar economia e prestações”, adianta o gestor de produto de motores da Volvo Trucks.

“Ainda mais impressionante é termos obtido o melhor resultado em consumo de combustível em ambos os testes e apesar do camião testado não contar com as mais recentes atualizações introduzidas para diminuir o consumo de combustível!”

O camião Volvo FH 500 testado tinha a especificação I-Save, que é uma variante que combina diferentes caraterísticas da linha motriz e do software para baixar o consumo de combustível para um mínimo possível. 

Motor turbocompound

No “coração” do sistema I-Save está o motor turbocompound que permite conduzir com rotações muito baixas e elevadas relações de transmissão durante longos períodos de tempo.

Com as mais recentes melhorias é possível baixar o consumo de combustível até 13% em comparação com os níveis obtidos quando foi introduzido em 2019.

“Para melhorar a eficiência de combustível demos mais um passo com o novo Volvo FH com I-Save para alcançar a otimização total do motor. Considerando os elevados preços atuais da energia, esta foi a melhor altura”, afirma Peter Franzén.  

LEIA TAMBÉM
Auto Sueco apresenta nova gama de camiões da Volvo Trucks em Portugal

O processo de combustão do motor foi melhorado com a adaptação dos injetores, da compressão e da cambota aos pistões com um novo desenho nas estrias. O peso total e a fricção interna também foi reduzida. O turbo de elevado desempenho e a bomba de óleo foram melhorados e até os filtros de ar e óleo foram afinados para a obtenção de melhores prestações.

O motor trabalha em conjunto com uma caixa de velocidades automatizada I-Shift que é agora 30% mais rápida. A melhoria na resposta contribui para melhorar o consumo, a agradabilidade e a suavidade da condução.

I-Torque e I-See

O I-Torque é um novo software do binário que aumenta a eficiência energética ao analisar os dados topográficos da estrada em frente, utilizando a função I-See e adaptando a condução à rota.

O I-See utiliza a informação acerca da rota planeada para tirar o melhor partido da energia cinética do camião quando se conduz em estradas mais acidentadas.

O novo software do I-Torque otimiza a relação de transmissão e o binário do motor. O sistema avalia a estrada em frente, a topografia e o peso do camião para decidir qual é o binário do motor necessário para circular com a maior eficiência possível.