Publicidade

Volkswagen prepara produção do ID.Buzz e da nova Multivan

Texto: Carlos Moura
Data: 24 de Agosto, 2020

A Volkswagen Veículos Comerciais está a preparar a fábrica de Hannover para receber a produção do novo ID.Buzz, da nova Multivan e da sucessora da Transporter 6.1. Novos veículos começam a sair da linha de montagem a partir de 2021.

A Volkswagen Veículos Comerciais está a modernizar a fábrica de Hannover para permitir a produção da sucessora da atual Multivan, a partir de 2021, e o novo comercial elétrico ID.Buzz, a partir de 2022.

“Estamos a remodelar totalmente as instalações da fábrica de Hannover para possibilitar a produção dos nossos modelos Transporter 6.1 e outros dois modelos. A partir do próximo ano iremos produzir a nova Multivan na versão de combustão interna e híbrida, assim como o nosso ID.Buzz elétrico. Este é um claro sinal da nossa aposta no futuro desta fábrica”.

No âmbito da restruturação da fábrica de Hannover foi desmontada a linha de produção da Amarok, incluindo a unidade de carroçaria, pintura e montagem. Neste espaço vai ser instalada parte da linha de produção do ID.Buzz.

O trabalho inclui ainda a instalação de máquinas para a carroçaria, pintura e montagem da nova Multivan e da Transporter.

A antiga unidade de prensagem também foi desmontada, uma vez que deixou de ser utilizada deste a introdução da PXL em 2015 e da modernização da linha de prensagem.

Melhor eficiência

Como resultado obteve-se uma melhoria na eficiência energética na unidade de prensagem, sendo a redução estimada de 4200 toneladas de dióxido de carbono por ano.

A linha de transporte dentro da unidade de transporte também foi adaptada e alterada para a integração da nova Multivan e do ID.Buzz na cadeia de montagem.

LEIA TAMBÉM
Cooperação Ford Volkswagen. Uma pick-up, dois comerciais e vários veículos elétricos

A fábrica de Hannover também vai receber uma nave para a pintura em dois tons da carroçaria de veículos da atual gama Transporter, da nova Multivan e do ID.Buzz.

A partir de 2021 vão existir algumas linhas de montagem para a produção em simultâneo da Transporter 6.1 e da sua sucessora (com motor de combustão interna e híbrida), o que afetará os processos na operação de montagem.