Publicidade

Condução Autónoma. Volkswagen recorre à Microsoft para evoluir tecnologia

Texto: Redação
Data: 13 de Fevereiro, 2021

Apostada no desenvolvimento e evolução da condução autónoma, a Volkswagen decidiu reforçar a união de esforços com a tecnológica Microsoft, com o objectivo de garantir uma mais rápida e segura afirmação dos veículos sem condutor.

Segundo divulgou o maior construtor automóvel europeu, a parceria permitirá ao grupo Volkswagen utilizar a tecnologia de Cloud da Microsoft, intitulada Microsoft Azure, a qual consegue suportar e transmitir enormes quantidades de informação, para aplicação nos sistemas de condução autónoma.

De resto e com os automóveis autónomos a recolherem petabytes de dados enquanto na estrada – desde informações relacionadas com a meteorologia até a dados relacionados com possíveis obstáculo, comportamento dos condutores, e outros -, torna-se imprescindível possuir um enorme poder computacional, que consiga trabalhar toda essa informação. Até porque, recorda a Volkswagen, será a partir de todos esses dados, que serão concebidos os algoritmos capazes de fazer os carros autónomos “aprender” com as situações.

“Ao combinarmos a nossa experiência abrangente no desenvolvimento de soluções de condução conectada, com o know-how de engenharia de software e de nuvem da Microsoft, vamos conseguir acelerar a oferta de serviços de mobilidade seguros e confortáveis”, afirma o CEO da divisão Car.Software da Volkswagen, Dirk Hilgenberg.

LEIA TAMBÉM
Volkswagen. Project Trinity antecipa futuro topo de gama elétrico

Ainda de acordo com o fabricante de Wolfsburgo, o objectivo passa por conseguir colocar tudo o que a Car.Software faz, desde a computação ao processamento de dados e à tecnologia de Machine Learning, numa só plataforma. Algo que, quando acontecer, diz a Volkswagen, tornará a realidade dos carros autónomos muito mais fácil.

“À medida que transformamos o Grupo Volkswagen num provedor de mobilidade digital, também procuramos aumentar continuamente a eficiência no nosso desenvolvimento de software”, acrescenta Hilgenberg. Explicando que, “estamos construindo a Plataforma de Condução Autónoma com a Microsoft, para simplificar o trabalho de nossos engenheiros, através de um ambiente de engenharia escalonável e baseado em dados”.

Recorde-se que a Volkswagen e a Microsoft mantém uma união de esforços desde 2018, altura em que a equipa do construtor automóvel responsável pelo desenvolvimento da Automotive Cloud se estabeleceu em Seattle, nos EUA. Logo aí, com o objectivo de colocar várias frotas de veículos conectados Volkswagen, em testes de estrada, já este ano.

“Esta é a próxima evolução de nosso trabalho de base com o Grupo Volkswagen, para aprimorar sua transformação num provedor de Mobilidade orientada por software”, afirma o vice-presidente executivo de Cloud + AI da Microsoft, Scott Guthrie. Acrescentando que, “o poder do Microsoft Azure e dos seus recursos de computação, dados e IA, permitirão à Volkswagen fornecer soluções de direção automatizadas seguras e confiáveis, aos seus clientes, com mais rapidez.”