Volkswagen desvenda T-Roc Cabriolet

Texto: Filipe Bragança
Data: 14 Agosto, 2019

Versão descapotável do VW T-ROC deve chegar ao mercado nacional na próxima Primavera.

O Salão de Frankfurt, que decorre entre os dias 12 e 22 de Setembro, prepara-se para receber a apresentação oficial do primeiro crossover descapotável do segmento e aquele que, por agora, será o único descapotável na gama germânica. A chegada ao mercado europeu está prevista para a Primavera do próximo ano.

Ao contrário do que acontece com o seu irmão de capota rígida, o T-Roc Cabrio não será construído pela fábrica da Auto Europa, em Palmela, mas sim na fábrica alemã de Osnabrück. Em relação ao modelo base, esta versão cabrio está 34mm mais comprida e conta agora com 284 litros de capacidade na bagageira – o tecto de abrir ‘rouba’ 161 litros face ao modelo convencional. Esta versão do T-Roc chega nas linhas de equipamento, ‘Style’ e ‘R-Line’. Esta última foca-se no carácter mais desportivo, oferecendo mais equipamento de série onde se incluem os faróis de nevoeiro, a direcção assistida progressiva e ainda todo um conjunto de afinações mecânicas e estéticas mais desportivas, ‘R-Line’.

‘Style’

No que diz respeito a motorizações, o novo T-Roc Cabrio aposta num duo de motores a gasolina TSI. A primeira opção passa pelo bloco de três cilindros 1.0 l turbo com 115 cavalos, acoplado a uma caixa manual de 6 velocidades. A segunda opção materializa-se na forma do motor de quatro cilindros 1.5 l turbo com 150 cv, auxiliado por uma caixa automática de sete velocidades e dupla embraiagem.

‘R-Line’

O novo T-Roc Cabrio aposta numa capota de estilo clássico, em lona. Em apenas 9 segundos, o T-ROC Cabrio é capaz de a recolher, mesmo em andamento, desde que a velocidade não exceda os 30 km/h.

Esta versão cabrio manteve a aposta num interior moderno, pautado pela conectividade. Os serviços e funções do sistema de infotainment foram actualizados e integram agora um eSIM. Isto significa que o automóvel pode ficar e permanecer online rapidamente, a partir do momento em que o condutor faça o seu registo no sistema da marca. Para além do ecrã táctil de 8” que vem de série, estará ainda disponível um ecrã adicional de 11”, que em conjunto com o primeiro, criam aquilo a que os alemães apelidaram de ‘Cockpit Digital’.

Veja também:

Veja o novo VW Polo de Rallye a ser levado ao limite (vídeo)
Mercedes pode estar envolvida no Dieselgate
Porsche Taycan mostra toda a sua resistência (vídeo)
Audi promete seis novos ‘RS’ ainda para este ano