Vem aí um super desportivo Maserati electrificado

Texto: Filipe Bragança
Data: 12 Fevereiro, 2019

O Maserati Alfieri é o super desportivo com poder elétrico que a marca italiana espera apresentar já a partir no próximo ano em três versões distintas.

A Maserati anunciou recentemente um ambicioso plano estratégico e de revitalização, onde terá papel fulcral a renovação da linha de montagem da histórica fábrica de Modena, onde a marca constrói os seus automóveis desde 1939. A Maserati espera iniciar o processo de renovação já no Outono, para que a fábrica se possa especializar na produção de desportivos de alta performance. E é aqui que as informações se tornam mais entusiasmantes. Até mesmo… eletrizantes.

 

Em linha com a estratégia da marca está a produção do Maserati Alfieri (na fotogaleria superior como concept, em 2014),  um super desportivo que surgirá disponível como cabrio ou coupé. Este modelo terá à sua disposição três motorizações, todas elas electrificadas. Aos dois sistemas hibridos de Plug-In, o Alfieri adiciona à oferta uma versão 100% eléctrica, com três motores a garantirem a tração integral e os softwares preparados para fazer a vetorização de binário. Esta motorização ‘full electric’ tem ainda a vantagem do modelo ter corrente elétrica de 800 V, o que permitirá o carregamento a alta velocidade (como no Taycan, por exemplo, de que a Porsche já consegue aumentar a autonomia em 100km num tempo de 3 minutos).

O director da marca italiana, Tim Kuniskis, revelou que o Maserati Alfieri irá acelerar em 2,0 segundos dos 0-100km e uma atingir uma velocidade máxima de aproximadamente 300 km/h. Valores bem próximos, por exemplo, do novo Tesla Roadster e do Rimac Concept Two. Segundo o mesmo, a performance deste veiculo vai contar com o apoio de aerodinâmica ativa criada especialmente para este modelo. Espera-se que o Maserati Alfieri seja apresentado no próximo ano e que comece a ser comercializado em 2021.

 

Veja também:

A revolução em curso de Maserati

O clube restrito do Maserati Levante

Incêndio destrói centenas de Maseratis por causa de inundações

 

Partilhar