Três novos híbridos Peugeot revelados. Saiba o que valem…

Texto: Nuno Fatela
Data: 24 Setembro, 2018

O Grupo PSA divulgou que todos os seus novos modelos a partir de 2019 vão ser lançados com versões eletrificadas, e como parte desse plano foram desvendados três novos híbridos Peugeot. Com versões de duas e quatro rodas motrizes, nesta última versão com recurso a motores elétricos nos dois eixos, conheças as informações sobre os Peugeot 508, Peugeot 508SW e Peugeot 3008 híbridos.

A Peugeot revelou na passada semana a sua visão para “desaborrecer” o futuro do automóvel, com o concept e-Legend, e dá agora um novo passo para esse objetivo de tornar os veículos elétricos e autónomos mais emocionantes. Neste caso com três apostas focadas no campo das motorizações de menor impacto ambiental, que são os Peugeot 508, Peugeot 508 SW e Peugeot 3008 híbridos de Plug-In. Para o SUV são propostas duas versões, Hybrid e Hybrid4, enquanto as berlina e carrinha surgem apenas com duas rodas motrizes.

A tecnologia

Para os três novos híbridos Peugeot, que entram em comercialização no outono de 2019, surgem versões de tração dianteira (Hybrid) ou integral (Hybrid4), que se distinguem pelo nível de potência e a capacidade das baterias. A base será sempre o motor de combustão 1.6 Puretech, na primeira modalidade com 180cv e na segunda com 200cv, que são associados a motores elétricos com 110cv. Para a transmissão, a opção será sempre pela caixa automática de oito velocidades.

 

Os três novos híbridos Peugeot Hybrid, que são o 3008, 508 e 508SW, equipam uma bateria de 11,8kWh, enquanto o anunciado 3008 Hybrid4 surge com um pack de 13,2kWh. Para o recarregamento são anunciados tempos de 1,45h, com a Wallbox de 6kW/32A, ou sete horas com tomada 3,3kW/8A. Destaque para as soluções que potenciam a autonomia elétrica deste trio, onde surge desde logo a função Brake, gerida pela caixa de velocidades, que recorre à desaceleração com o motor para aumentar a autonomia de emissões 0. Além disso, existem mais dois sistemas que são destacados pela marca do leão. O primeiro é o iBoost, que recupera a energia nas travagens, a que se junta a função e-Save que permite guardar a capacidade das baterias para a posterior utilização numa fase da rota em que as suas vantagens sejam maiores.

 

A marca destaca algumas vantagens dos três futuros modelos eletrificados, começando pelo silêncio de rolamento quando se recorre apenas ao motor elétrico. Além disso, surge ainda enfatizado o aumento de potência no modo desportivo, algo que enfatiza bem a polivalência desta motorização. Além disso, também a maior ligação ao solo para o Hybrid4 e a combinação entre o híbrido e a nova suspensão com amortecimento ajustável são consideradas vantagens destes modelos.

Uma referência ainda para a instrumentação destes Plug-In, com vários dados adicionais. Ele passa a ter um mostrador com as indicações Eco, Power e Charge para saber como está a gerir a utilização do automóvel a cada momento, e dois mostradores para mostrarem a capacidade dos “tanques” de combustível e eletricidade. Também será possível saber a cada instante qual a recarga que se está a obter durante a condução, e o ecrã de infotainment oferece grafismos com o fluxo de energia e estatísticas sobre os consumos e outros dados relacionados com a autonomia elétrica.

Peugeot 3008 SUV Hybrid 4

São 300cv obtidos pela combinação entre um motor de combustão 1.6 Puretech de 200cv e motores elétricos de 110cv colocados nos dois eixos. Recorrendo à bateria de 13,2kWh, a sua autonomia elétrica de 50km ajuda a obter emissões inferiores a 49g/km de CO2. Disponível apenas com o nível de equipamento GT, ele ganhará posteriormente a companhia na gama de um Peugeot 3008 Hybrid, com a mesma motorização dos 508 que encontrará de seguida.

 

Peugeot 508 e Peugeot 508SW Hybrid

Neste caso são 225cv de potência combinada, obtida pela junção do motor 1.6 Puretech 180 e um motor elétrico no eixo dianteiro, colocado junto da caixa de velocidades. Destaque para o facto da bateria de 11,8kWh não ter impacto na capacidade da bagageira, cotada nos 487l para a berlina e nos 530l para a carrinha. Além disso, garante 40km de condução sem emissões poluentes. Este híbrido de Plug-In surgirá em três níveis de equipamento, os Allure, GT Line e GT.