Mobieco

Tesla já “poupou” 4 milhões de toneladas de CO2 à atmosfera

Texto: Nuno Fatela
Data: 18 Abril, 2019

Foi apresentado pela Tesla o seu Relatório de Impacto Ambiental, onde apresenta vários dados curiosos sobre os seus automóveis, a produção, os Superchargers e ainda o seu negócio de painéis solares e powerwalls

Visionária da transição energética para ajudar a reduzir os efeitos das atividades humanas sobre o meio ambiente, a Tesla revelou agora o seu Relatório de Impacto Ambiental de 2019. Um dos dados mais marcantes está no facto dos seus 550.000 automóveis fabricados, desde que foi fundada em 2003, já terem evitado o envio de quatro milhões de toneladas de dióxido de carbono para a atmosfera, o equivalente ao impacto causado por meio milhão de automóveis com motor de combustão (com consumos de 22 mpg – 10,6 l/100km). Mas há muitos outros números interessantes, como pode descobrir na fotogaleria seguinte…

Desde que foi fundada, em 2003, a Tesla já produziu 550.000 automóveis
Estas viaturas evitaram o equivalente às emissões de meio milhão de automóveis a gasolina. O que significa 4 milhões de toneladas de CO2 que não saíram de tubos de escape
Esta poupança foi alcançada ao longo de 16 mil milhões de quilómetros percorridos
Apesar do risco de ser "copiada", a marca libertou as suas patentes relativas a diversas tecnologias, procurando assim acelerar a adesão de outros fabricantes à mobilidade elétrica
Um dado importante tem a ver com as maiores fontes de emissões. Apesar da "cruzada" contra o automóvel, ele é responsável por 14% da poluição atmosférica.
Isto significa que está atrás da produção de eletricidade e calor (25%), agricultura, exploração florestal e outras utilizações dos solos (24%) e indústria (21%)
A rede de Superchargers conta com 1400 estações em 36 países, num total de 12800 postos
Eles já produziram 595 GWh de energia, evitando o consumo de 284 milhões de litros de combustível
Já os painéis solares instalados pela marca têm uma capacidade acumulada de 3,5 Gigawatts. E a sua produção total de energia chega aos 13 TeraWatt / Hora de eletricidade "limpa"
O consumo global de energia dos Model S, Model X e Model 3 em conjunto chega apenas aos 5,26 TWh, menos de metade daquela que a marca já gerou
O prazo de vida útil destas instalações solares é de 35 anos, devendo produzir nesse período 86,5 TWh de energia, suficiente para alimentar Washington por uma década
A preocupação ambiental também se estende a toda a cadeia de produção. Na fábrica de Freemont o recurso a LEDs de iluminação, torres de refrigeração, novas instalações de pintura e outras soluções permitiram reduzir, em cinco anos, as emissões desta unidade em 10 GWh
Para aumentar a eficiência das instalações, a marca já investiu três mil milhões de dólares em Freemont. E no ano passado reciclou 2900 toneladas de plástico nesta unidade
Outro dado curioso tem a ver com a eficácia do Autopilot. No primeiro trimestre, em 4,6 milhões de quilómetros conduzidos com este sistema ativo, apenas foi registado um acidente
Sem o Autopilot foi também relatado um acidente em 2,83 milhões de quilómetros. Uma prova da eficácia dos vários sistemas complementares de segurança da marca
Para se perceber a diferença, nos Estados Unidos ocorre em média um acidente a cada 701km percorridos por cada automóvel
A terminar, a Tesla fez a comparação às emissões anuais de CO2 por cada tipo de veículo no Texas, onde 75% da eletricidade é gerada com recurso a combustíveis fósseis
Um carro a gasolina emite em média 5400kg de CO2, um híbrído convencional 3170kg e um híbrido de Plug-In 2950kg.
Já um elétrico emite 2670kg. Menos de metade de um carro a gasolina, mas um claro exemplo da importância em encontrar fontes de energia "limpas" para estes automóveis. Até para isso, estão instalados painéis solares em várias estações de Superchargers da marca

 

O relatório de impacto ambiental da Tesla pode ser consultado, na integra, neste endereço

 

Veja também:

Saiba os elétricos que pode comprar de momento
Carro Mundial do Ano 2019 é o Jaguar I-Pace
Model 3 lidera entre elétricos na Europa
Tesla Model Y já é conhecido
Tesla Supercharger V3 vão carregar 1600km por hora

Partilhar