Publicidade

Tesla. Gruenheide aprova expansão da Gigafactory de Berlim

Texto: Francisco Cruz
Data: 17 de Maio, 2024

Numa altura em que grupos ambientalistas protestam contra potenciais riscos ambientais decorrentes da atividade da Tesla em Gruenheide, perto de Berlim, Alemanha, o conselho local da localidade de garantir a primeira boa notícia nas intenções de expansão da Gigafactory de Berlim.

A notícia é avançada pela Automotive News Europe, acrescentando que, esta primeira conquista, por parte da Tesla, é, no entanto, apenas o primeiro obstáculo ultrapassado, em todo o processo. Tendo a empresa ainda que obter, por exemplo, a aprovação das autoridades ambientais locais.

Recorde-se que a Tesla pretende expandir a Gigafactory Berlim, de forma a poder adicionar, entre outros serviços, novos espaços logísticos, incluindo, uma estação ferroviária.

A marca norte-americana faz depender desta meta, a duplicação da capacidade de produção instalada para, no caso do fabrico de baterias, 100 gigawatts-hora, e, dos automóveis, para um milhão de veículos por ano.

Contudo, este plano tem conhecido a oposição de ambientalistas e grupos locais, os quais temem que a expansão possa vir a colocar em perigo o abastecimento de água na região, uma vez que a central da fábrica está localizada numa área de protecção de água potável.

LEIA TAMBÉM
Embora sem o mais desejado. Tesla Cybertruck mostra-se em Portugal

Entretanto, alguns manifestantes tentaram, já no início deste mês, invadir as instalações da fábrica, tendo sido impedidos, nessa intenção, pela polícia. Em março, a instalação já tinha sido confrontada com um corte de energia, resultante daquilo que foi qualificado como um ataque criminoso.

Recorde-se que a Tesla já foi obrigada a rever os seus planos de expansão, depois dos cidadãos de Gruenheide terem vetado, em fevereiro último, os objectivos de crescimento do fabricante. Permitindo o corte de apenas 47 hectares de floresta, ou seja, metade da área originalmente planeada.