Publicidade

À espera do elétrico. Suzuki acaba com vários modelos na Europa

Texto: Francisco Cruz
Data: 5 de Julho, 2024

Pressionada por regulamentação anti-emissões cada vez mais restritiva na Europa, a Suzuki prepara-se para acabar com uma série de modelos atualmente em comercialização, como forma de reduzir as emissões médias de CO2 da sua gama. Isto, ao mesmo tempo que aguarda a chegada do seu primeiro elétrico.

A notícia está a ser avançada pela Automotive News Europe, com base em informações prestadas pela própria empresa e que apontam para o fim da comercialização do citadino Ignis, da carrinha Swace e da versão comercial do SUV Jimny. Modelo que, recorde-se, já havia perdido a versão de passageiros na Europa, precisamente pelo mesmo motivo.

Quanto à retirada destas propostas dos concessionários da marca de Hamamatsu, as previsões são de que aconteça já no inicio de 2025.

Pequeno crossover citadino, o Suzuki Ignis parece ter despedida assegurada na Europa
Pequeno crossover citadino, o Suzuki Ignis parece ter despedida assegurada na Europa

Depois e a par desta decisão, a Suzuki terá colocado, igualmente, um ponto final na possibilidade de comercialização de uma versão desportiva do novo Swift e que era, tradicionalmente, a proposta de topo na gama.

De resto e numa apresentação sobre as previsões financeiras feita em Maio último, a Suzuki admitiu uma queda de 19% nas vendas europeias, na sequência destas decisões, para patamares na ordem das 191 mil unidades. Ou seja, bem abaixo dos 236 mil veículos conseguidos em 2023.

LEIA TAMBÉM
Já temos os preços. Eterno Suzuki Vitara renova estilo e equipamento

Contudo, “o fim destes modelos abrirá espaço a novos veículos elétricos e que nos permitirão competir, durante um período, em que a nossa proporção de vendas de produtos híbridos, versus elétricos, ajudará a impulsionar o negócio”, afirmou, em comunicado, o líder da Suzuki no Reino Unido, Dale Wyatt.

Entretanto e ainda antes do lançamento do muito aguardado EV, a Suzuki promete concentrar os seus esforços nas vendas dos SUV Swift, S-Cross e Vitara, assim como no híbrido plug-in Across, versão rebaptizada do Toyota RAV4.

Elétrico com base no concept eVX

Quanto ao primeiro EV Suzuki, tem chegada prevista à Europa em 2025, embora lá mais para a frente. Podendo resultar do concept eVX, um estudo de SUV elétrico, apresentado na Índia, o maior mercado global para a marca japonesa, com uma bateria de 60 kWh, capaz de permitir autonomias na ordem dos 550 km.

Recorde que, também em Maio, a Suzuki anunciou a intenção de lançar cinco modelos elétricos na Europa, até 2030.