‘StopXam’ luta contra os condutores abusadores (com vídeo)

Texto: Filipe Bragança
Data: 22 Abril, 2019

Este movimento cívico, que se opõe ao desrespeito das normas da via-pública, nasceu na Rússia e está a causar furor. Quem decida ser abusador pode acabar com carro todo “decorado” pelo StopXam

O maneirismo ‘Xam’ é atribuído na Rússia a uma pessoa rude e abusiva para com os outros. E é exactamente sobre esta demografia que o movimento civil StopXam (СтопХам) espera incidir. Esta organização não-governamental Moscovita, sem fins lucrativos, foi fundada em 2010 por jovens de outro movimento chamado ‘Nashi’, que lutava contra as contra-ordenações na via pública. A adesão foi tanta, que decidiram criar uma versão do seu canal de youtube, em inglês.

O que se destaca neste movimento é a forma como os seus membros lutam, assegurando o respeito do espaço público por parte dos automobilistas. Por exemplo, caso encontrem algum carro mal estacionado colocam um autocolante gigante onde se pode ler “eu estaciono onde quiser, eu não me preocupo com os outros”. Se entretanto o proprietário da viatura chega, habilita-se a ganhar mais autocolantes, dependendo da sua atitude. Estes momentos são gravados, colocados no seu canal de Youtube, e as situações mais graves são enviadas para a polícia.

O ‘StopXam’ rapidamente cresceu na Rússia, sendo agora um movimento internacional. A 21 de Março de 2016 o Tribunal da Cidade de Moscovo ilegalizou o movimento, mas esta decisão foi rapidamente refutada pelo Supremo Tribunal da Rússia, a 2 de Setembro do mesmo ano.

Veja aqui o original:

Veja também:

Condutores ‘horrorizados’ com ideia de veículos autónomos
Tesla Model S à prova de bala
Estas chaves custam meio milhão de euros (com vídeo)

Partilhar