SSC Tuatara 2020

Publicidade

Mais rápido que Bugatti e Koenigsegg. SSC Tuarara fixa novo recorde de velocidade

Texto: Carlos Moura
Data: 16 de Outubro, 2020

De acordo com uma estação de televisão norte-americana, o SSC Tuatara passou a ser o novo detentor do recorde mundial de velocidade para automóveis de produção, batendo os valores oficiais e oficiosos da Koenigsegg e da Bugatti. A confirmar-se, terá sido cronometrado a mais de 490 km/h.

O SSC Tuatara deverá ter conquistado o ceptro de carro de produção mais rápido do mundo, de acordo com a estação de televisão KPVTM-TV de Las Vegas batido o novo recorde de velocidade no mesmo troço de estrada usado pela Koenigsegg para alcançar o anterior máximo em 2017.

Aquela estação adianta que a SSC irá fazer um anúncio oficial em breve. No entanto, ficou por se esclarecer se o Tuatara terá feito melhor tempo do que o Koenigsegg ou do que o Bugatti.

Oficialmente, o título de carro de produção mais rápido do mundo inscrito no Livro Guinness de Recordes é detido pelo Koenigsegg Agera RS com uma velocidade de 447,237 km/h. Esse recorde foi alcançado em 2017 no mesmo troço de estrada da State Route 160 no sul do Nevada que foi utilizado pela SSC.

Para o recorde do mundo ser válido, o carro tem de efetuar duas passagens em sentidos opostos para mitigar os efeitos dos ventos laterais e traseiros.

SSC Tuatara

O Agera RS alcançou os 457,054 km/h num dos sentidos, mas a velocidade média em ambos os sentidos levou a uma diminuição da velocidade para os 447,237 km/h.

Com Bugatti na mira

No que se refere à Bugatti, a barreira dos 482 km/h foi ultrapassada em setembro de 2019 com uma versão do Chiron que acabaria por se tornar no Super Sport 300+. Atingiu os 490,367 km/h no circuito de testes de Ehra-Lessien, na Alemanha.

Todavia, só foi efetuada uma passagem num sentido porque a poeira depositada na superfície da pista apresentava um perigo potencial se fosse percorrida no sentido oposto a uma velocidade tão elevada.

Um video mostra o automóvel a atingir os 490,367 km/h, mas a passagem num único sentido continua a ser o recorde oficioso e controverso de velocidade. Curiosamente, a Bugatti limita a velocidade máxima do Super Sport 300+ de “série” a 442 km/h.

Tudo indica que o recorde que a SSC quer bater é o da Bugatti, que é apontado como o grande concorrente do Tuatara desde o seu lançamento oficial. O hipercarro foi projetado para superar os 480 km/h, mas as previsões estimam que a sua velocidade máxima seja de 502 km/h.

LEIA TAMBÉM
Koenigsegg Regera bate recorde de velocidade (vídeo)

Para alcançar esses valores conta com uma linha motriz que desenvolve uma potência de 1750 cv (1305 kW), graças de um motor biturbo V8 de 5,9 litros com cambota plana.

Em conjunto com um peso de apenas 1247 kg e um coeficiente de arrasto aerodinâmico de 0.279, o SSC Tuatara parece reunir argumentos para igualar o recorde oficioso da Bugatti, além do recorde oficial da Koenigsegg.