Skoda Kamiq é o terceiro SUV Skoda

Texto: Nuno Fatela
Data: 27 Fevereiro, 2019

Está a caminho do Salão de Genebra o terceiro SUV da marca checa, com o Skoda Kamiq destinado à faixa mais concorrrida do mercado europeu na atualidade

Mantendo-se fiel à sua filosofia de designar os SUV com nomes começados por K e acabados com Q, a Skoda lançou mais uma aposta neste campo. Com estreia marcada para o Salão de Genebra, este novo modelo junta-se na oferta aos já conhecidos Kodiaq, o topo de gama, e Karoq, agora colocado num patamar intermédio. Mantendo-se fiel ao design implementado pela marca checa nestes modelos, o Skoda Kamiq vai batalhar no mais escaldante cenário de guerra do mercado europeu, os SUV compactos

São vários os rivais de monta para o modelo checo, numa lista onde constam o Citroën C3 Aircross, o Kia Stonic, o Hyundai Kauai, o Opel Crossland X ou o Renault Captur. Tudo modelos que, em Portugal, têm tabelas de preços pouco abaixo dos 20.000€. Outros potenciais rivais, como o VW T-Roc, o Fiat 500X ou o Peugeot 2008, já exigem um esforço financeiro ligeiramente superior.

 

Mais pequeno que o Karoq

O novo Skoda Kodiaq apresenta menos 12cm de comprimento que o modelo referido, ficando o seu total situado nos 4,24 metros. Tem ainda 1793mm de largura e 1531mm de altura, com a marca a dizer ainda que a distância entre eixos de 2651mm vai ajudar a potenciar a habitabilidade. E também as áreas da bagageira, com os seus 400l a não destoarem dos valores habituais neste segmento. Mas a marca revela ainda que, com os bancos rebatidos, se podem transportar até 1395l de bagagens e objetos com comprimento até 2,44 metros de comprimento.

 

Na estética é destacada desde logo a identificação estilística com os Karoq e Kodiaq, fiel ao estilo escolhido pela marca para os SUV. No exterior são referidos ainda elementos como o capot elevado e a larga grelha que se expande para as óticas bem finas. E, no caso dos modelos mais equipados (a gama contempla os níveis Swing, Bolero e Amundsen), toda a iluminação fica a cargo de LEDS, com as luzes de nevoeiro a acompanharem o movimento do carro em curva e os piscas a surgirem com perfil dinâmico, como as fotos mostram. Da retaguarda a marca refere que “o difusor acentua a generosa distância ao solo e a aparência poderosa”.

As semelhanças do Skoda Kamiq com outros modelos da marca não se limitam aos Karoq e Kodiaq. Porque basta passar das portas para se sentirem parecenças com o novo Scala, especialmente na apresentação visual das informações. Porque o painel de instrumentos digital de 10,25”, que se apresenta como um trunfo no compacto, é também escolhido para as opções do SUV compacto. E com a possibilidade de optar entre cinco grafismos diferentes. Além disso, existem opções de 6,25” ou 8” para o ecrã de infotainment, num habitáculo onde está ainda contemplada a iluminação ambiente com três cores. E, tratando-se de um Skoda, não podiam faltar as habituais soluções Simply Clever que estão sempre disponíveis para os modelos da marca, como a lanterna na bagageira.

 

Injeção Direta e Turbo

Toda a gama de motorizações do SUV compacto conta com estas duas tecnologias para garantir melhor resposta com consumos e emissões mais baixos. Existem quatro opções principais (além da versão a gás natural), numa oferta composta por três gasolina e um Diesel. O Skoda Kamiq mais tranquilo conta com o bloco 1.0 TSI de 95cv, e surge equipado com caixa manual de cinco velocidades, ao invés da restante gama que permite opção entre a manual de seis ou a automática de sete velocidades.

Existem dois motores de 116cv, que são o 1.0 TSI e o Diesel 1.6 TDI, mas o destaque nas motorizações vai para o mais potente bloco. Falamos do 1.5 TSI ACT, com esta sigla final a designar a gestão activa de cilindros. Uma tecnologia similar ao motor 1.5 TSI Evo já conhecido do Golf, ela surge também neste propulsor com 150cv de potência e 250Nm de binário. Este será, seguramente, o melhor bloco para colocar à prova alguns dos sistemas dinâmicos do SUV, já que o Skoda Kamiq conta com controlo desportivo do chassis, disponível com um chassis específico que reduz a distância ao solo em 10mm e permitindo escolher entre os modos Normal e Sport (com aumento da rigidez dos amortecedores).

Umas última referência para as várias assistências de segurança contempladas, área onde o novo modelo checo não fica nada atrás da concorrência. Ele contempla sistemas como o cruise controlo adaptativo (que pode mesmo parar o carro), travagem de emergência, monitorização do ângulo morto, comutação das luzes máximos-médios e ainda câmara e apoio ao estacionamento. Também o sistema e-call está já contemplado.

 

Com a marca a afirmar que este modelo se destina especialmente a um público mais jovem, o novo Skoda Kamiq estreia no Salão de Genebra. Até ao momento ainda não existem informações relativas ao momento de chegada ao mercado.

 

Veja também:

Skoda Scala chega com trunfos importantes

Ensaio Completo: Skoda Karoq 1.6 TDI

SUV elétrico da Skoda chega em 2020

Kodiaq é o novo RS da Skoda

Partilhar