Publicidade

Que sistemas vão proteger o seu carro nos próximos tempos

Texto: Nuno Fatela
Data: 13 de Setembro, 2017

A EuroNcap anunciou uma estratégia para a introdução, até 2025, de testes a novos sistemas de segurança, uma forma de tentar atingir uma visão de zero mortes na estrada ao colocar pressão sobre os fabricantes automóveis.

A EuroNcap tem vindo a ser, ao longo das últimas duas décadas, uma das entidades com papel mais importante na redução das estatísticas de feridos e mortos nas estradas europeias. A sua influência, e os seus testes, têm vindo a ajudar a reforçar a segurança dos automóveis no espaço comunitário, e agora a intenção é ir ainda mais longe e conseguir atingir uma Visão 0 sem mortes na estrada. Para tal, surgiu agora o “RoadMap 2025”, o roteiro do EuroNcap para a introdução ou otimização dos testes a várias tecnologias de segurança nos automóveis até meio da próxima década. A intenção é dar confiança aos condutores para a mudança que está a decorrer na indústria automóvel, e simultaneamente pressionar os fabricantespara que alarguem ao máximo possível a inclusão de sistemas de segurança na sua oferta-base para os vários segmentos.

Realizado a três níveis, o primário antes dos acidentes, o secundário durante os acidentes e o terciário nos momentos seguintes, descubra na fotogaleria e vídeo seguintes os sistemas que a EuroNcap quer ver integrados nos automóveis:

O Roteiro de Segurança para 2025
Apesar do nível secundário, mitigando as consequências dos embates continue a ser o principal foco, as novas possibilidades para evitar os acidentes ganha maior importância.
Nível Primário
Assistências ao condutor e formas de evitar colisões
Monitorização da Atenção - 2020
Avalia o nível de cansaço do condutor, alertando-o para a necessidade de fazer uma pausa
Manobras Evasivas de Emergência (2020-22)
Já disponível em modelos como o recente Volvo XC60, analisa a presença de obstáculos no caminho e desvia-se autonomamente
Travagem de Emergência Autónoma (2020-22)
Recorrendo também à análise do que acontece em redor do automóvel, permite travar sem intervenção do condutor para evitar acidentes
V2V 2 V2I (2024)
A comunicação com outros automóveis e as infraestruturas estar antecipadamente avisado para potenciais perigos, ajudando a fugir deles.
Nível Secundário
Evitar lesões e proteger os utentes vulneráveis das vias
Efeito Chicote e Colisões na Retaguarda (2020)
A EuroNcap já avalia os efeitos dos embates, e desde a década de 2000 que tem em conta a importância dos bancos, mas tudo indica que esta análise será brevemente mais rigorosa
Proteção dos peões, ciclistas e motociclistas (2022)
Estes utentes da via têm muito maior probabilidade de sofrer lesões fatais ou com consequências permanentes. Para evitar que tal aconteça, a EuroNcap vai ser mais exigente nas formas de evitar estes acidentes.
Nível Terciário
Manobras de Salvamento
Manobras de Salvamento, desencarceramento e segurança (2020)
Os fabricantes já trabalham com os bombeiros para garantir eficácia e rapidez no acesso aos sinistrados. Apesar de não ter explicado como pretende integrar esta questão nos testes, ela vai ser alvo de maior atenção da EuroNcap.
Nível Terciário - Deteção da presença de Crianças (2022)
Deteção de Crianças a bordo
A intenção é evitar os sempre preocupantes casos de crianças esquecidas a bordo de carros, uma situação potencialmente fatal. A solução passa por sensores e o envio de mensagens para o telemóvel dos pais.

Veja também os últimos testes de segurança realizados pelo EuroNcap, em que os SUVS estiveram em destaque.