Publicidade

Sem combustível? Saiba os elétricos que pode comprar…

Texto: Nuno Fatela
Data: 17 de Abril, 2019

Se por acaso a “crise energética” o fez repensar a motorização ideal para o seu automóvel, descubra os modelos elétricos que encontra atualmente no mercado e algumas novidades prometidas para os próximos tempos…

A greve dos motoristas de matérias perigosas tem levado muitos condutores a olhar com outra atenção para os veículos elétricos. Além de serem mais ecológicos e terem custos de utilização muito inferiores, em momentos de crise como o atual evitam que tenha de passar horas numa aventura em busca de um  posto de combustível ainda disponível. A que se junta mais um bom tempo para estar na fila de espera, rezando que entretanto a gasolina ou gasóleo não se acabe antes da sua vez de abastecer…

Foi eleito o Carro Europeu do Ano e por isso merece surgir no arranque da lista. Bastante evoluído, custa desde 80.000€ e... vai ter de lutar com os muitos rivais a caminho.
Audi e-Tron: Já chegou a Portugal com "mimos" como os retrovisores digitais. Tem preços desde 84.000€ e anuncia 400km de autonomia.
Mercedes EQ C: Será o primeiro modelo da submarca elétrica da Mercedes. Já foi apresentado e conta com mais de 400cv obtidos de dois motores elétricos. Perto de chegar ao mercado.
Durante muito tempo reinou sozinho entre os elétricos premium em Portugal. Os preços começam nos 42.000€ para a versão de 170cv, enquanto o mais desportivo i3S custa mais 3.800€.
Depois dos Model S (90.550€) e Model X (99.350€), o volume de vendas da Tesla cresceu brutalmente com o mais acessível Model 3 (60.200€). Mais acessível, é um modelo premium bastante avançado e com mais de 500km de autonomia.
O Model Y, um SUV compacto mais pequeno que o Model X, também já foi revelado. Mas este só chega em 2020...
Porsche Taycan: Um verdadeiro Porsche, é a promessa para este modelo que recorre aos 800 volts para conseguir carregar 100km em apenas 3 minutos. Perto de ser revelado.
Nissan Leaf: recebeu recentemente uma versão mais potente e com mais autonomia, fruto dos 60 kWh de bateria. O facto de ser o elétrico mais vendido de sempre dispensa as apresentações. Preços desde 34.900€.
Renault Zoe: O elétrico mais comercializado na Europa durante vários anos ganhará uma segunda geração este ano, que muitos afirmam que irá representar um enorme salto evolutivo para este modelo. Atualmente custa 27.410€.
Opel Corsa Elétrico: Será ainda nos primeiros meses deste ano que será revelado o novo Corsa. Tal como no 208, espera-se que o Corsa surja tanto com combustão como em elétrico.
O Peugeot e-208 foi a estrela no Salão de Genebra. Terá 136cv e autonomia de 340km. A nova geração do 208 chega no outono, ficando por saber se o elétrico surge logo no arranque da fase comercialização.
O simpático elétrico da Kia tem uma autonomia de 240km e preço desde 30.000€.
O Hyundai Kauai foi lançado com versões de 39 kWh (289km de autonomia) e de 64 kWh (449km), e custa desde 44.500€. A marca coreana tem também o Ioniq por 39.895€.
É o mais acessível elétrico no momento. O Smart ForTwo EQ custa 22.000€ e a versão de quatro lugares (ForFour EQ) começa nos 23.500€
Acaba de ser revelada a versão final do RapidE, o elétrico da Aston Martin. Tem 600cv, tração traseira e se quer ter um é melhor despachar-se. Só serão fabricados 155 unidades.
O Polestar 2 foi apresentado como o "anti Model 3". São 408 cv de potência e mais de 500km de autonomia.
Volkswagen ID: Com a reputação manchada pelo escândalo do Dieselgate, a VW prometeu uma inversão na estratégia e forte aposta nos elétricos "ID". O primeiro, um compacto, será apresentado este ano
Volvo XC40 elétrico: O Carro do Ano de 2018 deve este ano ganhar uma nova variante de emissões 0, tornando-se no primeiro Volvo 100% elétrico a chegar ao mercado
Foi já confirmada a vinda da versão elétrica do 500 para a Europa, depois de ter estado disponível apenas nos Estados Unidos. Faltam saber mais detalhes, como o momento de chegada ao mercado
Mini Electric: Depois do concept, que pode ver nas fotos, espera-se que chegue este ano a versão de produção do Mini elétrico.
Honda Urban EV: Depois de se ter apresentado nesta versão conceptual em 2017, e mais perto da produção no último Salão de Genebra, entra em produção ainda este ano e terá mais de 200km.

As capacidades dos veículos elétricos estão a ser cada vez mais reconhecidas. Basta dizer que o primeiro modelo da lista, o Jaguar I-Pace, acaba de juntar o prémio de Carro Mundial do Ano ao de Melhor Carro Europeu de 2019. E as suas autonomias reais estão cada vez mais próximas do anunciado pelas marcas. Os principais entraves continuam a ser, obviamente, o preço e a escassez de pontos de carga. Basta ver, por exemplo, que o mais acessível elétrico do mercado, o Smart EQ, ainda custa praticamente o dobro em relação à versão de combustão.

Apesar dos condutores estarem a prestar mais atenção aos elétricos, existe uma alternativa que devem ver também com atenção. Falamos dos híbridos de Plug-In, que estão a ser apresentados, em média, com 50km de autonomia elétrica. Seguramente não dá para ir à terra nas férias da Páscoa, mas serve perfeitamente para evitar o recurso ao motor de combustão na maior parte dos trajetos quotidianos…

 

Veja também:

Jaguar elétrico arrasa nos Carros Mundiais do Ano 2019
Smart passará a vender exclusivamente carros elétricos
Inquérito revela ideias erradas sobre veículos elétricos
Vendas de carros elétricos crescem 150%
Os elétricos do Salão de Genebra 2019
Tesla Model 3 lidera entre elétricos na Europa