Publicidade

Quatro e a preço obsceno! Rolls-Royce estreia La Rose Noire Droptail

Texto: Francisco Cruz
Data: 23 de Agosto, 2023

A Rolls-Royce apresentou aquele que será, muito provavelmente, a mais cara e, quiçá, exclusiva criação do seu departamento de carroçarias: o Droptail. Apresentado numa configuração especial denominada La Rose Noire, deste descapotável apenas existirão quatro exemplares e, cada um, com um preço estimado de 25 milhões de dólares!

Elaborado pela Rolls-Royce Coachbuild, o primeiro Rolls-Royce  Droptail foi mostrado ao mundo na Monterey Car Week, com uma decoração muito especial, de nome La Rose Noire. A qual vai buscar a inspiração a uma rosa francesa conhecida como Black Baccara e que é a flor favorita da mãe da família que o encomendou este ultra-exclusivo modelo, à Rolls-Royce.

Inquestionavelmente, uma traseira como nunca se havia visto num Rolls-Royce
Inquestionavelmente, uma traseira como nunca se havia visto num Rolls-Royce

Também fruto desta inspiração, o La Rose Noire Droptail estreia, como pintura exterior, um vermelho muito especial, resultante não só da combinação de dois outros tons de vermelho, True Love e Mystery, mas também de um processo de aplicação que exige 150 interacções, para ficar perfeito. O que significa que, quando à sombra, a cor parece quase preta, tal como, quando ao sol, exibe um brilho de vermelho tipo pérola.

LEIA TAMBÉM
Nem tente! Rolls-Royce excomunga clientes que procurem ganhar dinheiro com Spectre

Não menos marcantes, as linhas da carroçaria, a qual, embora começando numa frente mais convencional, à qual não falta sequer a já tradicional grelha frontal cromada, acompanhada de finas ópticas em LED e com luzes diurnas integradas, acaba ganhando toda uma nova beleza, através das laterais suaves e fluídas, para, em seguida, terminar numa traseira e farolins diferentes de tudo aquilo que temos visto na Rolls-Royce.

De resto e além de um elegante spoiler, a complementar uma secção traseira verdadeiramente invulgar, junta-se, ainda, um tejadilho removível em fibra de carbono e com painéis de vidro electrocrómicos. Os quais, ao tornarem-se quase translúcidos, mediante o simples toque num botão, permitem uma mais fácil exploração do céu.

O “elemento mais notável”

Apesar de toda esta atenção ao detalhe no exterior, a Rolls-Royce não deixa de apontar o habitáculo como o “elemento mais notável” neste La Rose Noire Droptail, desde logo, por ter demorado quase dois anos a ser aperfeiçoado. Nomeadamente, para que pudesse ostentar verdadeiras e complexas obras de arte, como é o caso da representação de pétalas da rosa a cair, as quais foram trabalhadas, de forma individual, a partir de 1,603 peças de folheado de madeira preta.

Além de hiper-exclusiva, esta nova criação da Rolls-Royce Coachbuild ameaça ser, igualmente, uma das mais belas de sempre
Além de hiper-exclusiva, esta nova criação da Rolls-Royce Coachbuild ameaça ser, igualmente, uma das mais belas de sempre

Já os bancos, são envoltos numa combinação de couro Vermelho True Love e Vermelho Mystery, enquanto, no centro do tablier, surge um relógio personalizado Audemars Piguet, com cronógrafo de 43 mm e contadores vermelhos, além de uma luneta interna vermelha e um segundo cronógrafo voador.

Ao contrário do que é habitual, este relógio pode ser removido do carro, através do simples pressionar de um botão, e, a partir daí, ser usado numa pulseira de braço.

Finalmente, a família responsável pela encomenda do veículo também pediu uma Rolls-Royce Champagne Chest (caixa refrigeradora de champanhe), única e a combinar com o carro, a qual inclui já taças de cristal sopradas à mão e uma bandeja para as servir.

Com plataforma também específica

Ainda sobre este Droptail, nota para o facto de, ao contrário do que acontece no Sweptail e no Boat Tail, este modelo não recorrer à mesma plataforma, conhecida como Arquitectura de Luxo, utilizada no Cullinan. Mas ter, sim, por base, um novo chassis monocoque, feito em aço, alumínio e fibra de carbono.

Baseado num novo chassis monocoque, o Droptail mantém, no entanto, o já bem conhecido V12
Baseado num novo chassis monocoque, o Droptail mantém, no entanto, o já bem conhecido V12

Já intocável, permanece o V12 6,75 litros biturbo de 601 cv e 840 Nm, com o qual o descapotável deverá ser capaz de acelerar dos 0 aos 100 km/h em menos de cinco segundos, mas também atingir uma velocidade máxima de 250 km/h.

Por… 25 milhões de dólares?!…

Naturalmente e como também é hábito, a Rolls-Royce não revelou qual o preço que este La Rose Noire Droptail atingiu.

Ainda assim, uma fonte que preferiu manter o anonimato terá avançado que, cada um dos quatro Droptail que vierem a ser fabricados, deverão vir a ostentar um preço a rondar os 25 milhões de dólares. Ou seja, perto de 30 milhões de euros, à cotação atual.

A Rolls-Royce Champagne Chest feita propositadamente para este La Rose Noire Droptail
A Rolls-Royce Champagne Chest feita propositadamente para este La Rose Noire Droptail