Publicidade

Renault festeja 40 anos de F1 com chaleira amarela

Texto: Miguel Policarpo
Data: 10 de Julho, 2017

A Renault celebra o 40º aniversário da marca na Fórmula 1 recuperando o episódio que aconteceu no Grande-Prémio de Silverstone com o Renault RS01 amarelo, conhecido como o “The Yellow Teapot”.

Numa nota bem humorada, a Renault celebra o 40º aniversário da marca na Fórmula 1 com uma alusão a um episódio na altura pouco agradável para os franceses. Ao implementar um motor turbo pela primeira vez na F1, em 1977 no Grande-Prémio de Silverstone, a Renault não obteve o sucesso desejado: o RS01, cuja cor principal era o amarelo, entrou várias vezes nas boxes durante a corrida, libertando um rasto de fumo branco.

Da má experiência sobressaiu um pormenor interessante. Ken Tyrrel, chefe de equipa com o seu nome, ao ver o fumegante RS01 a entrar sucessivamente nas boxes apelidou o modelo de “Yellow Teapot” – a chaleira amarela. Pouco a pouco, assim ficou conhecido este monolugar, que foi relembrado este ano no GP do Mónaco, também por ocasião dos 40 anos da Renault na F1.

Dois anos mais tarde, com o motor turbo aperfeiçoado, a Renault colheu finalmente lucros. Em 1979, no Grande-Prémio de França, o RS01 ganhou a prova disputada no circuito de Dijon.

A chaleira amarela, que homenageia os 40 anos da Renault na Fórmula 1, fará parte dos utensílios da cozinha do restaurante do Atelier Renault, nos Campos Elísios, em Paris. O design inspira-se no passado e no presente – designadamente do primordial RS01 ao novo RS17. A Renault já mostrou a primeira imagem-teaser do RS 2017 Vision, apresentando posteriormente as suas soluções para o futuro da F1 com este concept.