Bugatti aposta num eléctrico de quatro portas

Texto: Filipe Bragança
Data: 19 Novembro, 2019

De acordo com o CEO da Bugatti, este modelo será lançado abaixo da marca de 1 milhão de euros.

De acordo com as mais recentes declarações proferidas pelo CEO da Bugatti, Stefan Winkelmann, a marca francesa procura mudar a sua estratégia, com o intuito de capitalizar com o novo paradigma do mercado automóvel actual. Numa entrevista à Bloomberg, Winkelmann revelou que se tem esforçado para que o próximo modelo da Bugatti seja um veículo eléctrico de quatro portas, com um preço final muito mais reduzido do que os modelos do portefólio actual.

“A indústria está mudar e nós temos de acompanhar essa mudança. aproveitando as oportunidade de desenvolver a Bugatti como uma marca que olha para o futuro” – disse Stefan Winkelmann. O CEO referiu ainda que tem sido uma ‘dura batalha’ para que este projecto seja receba luz verde, dentro do Grupo VW. 

Embora a Bugatti tenha ficado numa situação precária com o escândalo do ‘Dieselgate’, e após a morte de Ferdinand Piech, um dos grandes impulsionadores da marca dentro do universo VW, Winkelmann garante que não há razão para fazer soar os alarmes, e que neste momento a marca de luxo tem “lucros decentes”. Ainda assim, o CEO reconhece que os custos de produção de cada modelo são bastante elevados, e que por isso, não excluí a hipótese de um dos próximos modelos vir a partilhar uma plataforma eléctrica da VW.