Publicidade

Ferrari do deserto? Prodrive Hunter estreia como supercarro de todo-o-terreno

Texto: Carlos Moura
Data: 17 de Março, 2022

A Prodrive de David Richards desenvolveu um supercarro de todo-o-terreno com 600 cv, denominado Hunter, que é considerado pelo fundador da empresa como o Ferrari do deserto. Modéstia não lhe falta… mas, se calhar, com razão.

A Prodrive revelou o primeiro supercarro de todo-o-terreno, o Hunter, que basicamente consiste na versão de produção do BRX Hunter T1 do Rali Dakar. Este veículo mantém as principais caraterísticas da versão de competição, mas como não tem de cumprir os regulamentos das classes, oferece mais 50% de potência.

Por baixo do capot encontra-se um motor V6 de 3,5 litros da Ford e preparado pela Prodrive que desenvolve mais de 600 cv e um binário de 700 Nm. O potente bloco biturbo permite a este veículo ir a todo o lado e em caso de necessidade imperiosa consegue acelerar dos 0 aos 100 km/h em menos de quatro segundos. Com acelerador a fundo pode atingir quase 300 km/h. 

A velocidade máxima é assegurada por pneus maciços de todo-o-terreno com 35 polegadas que foram concebidos mais para estradas duras do que propriamente para terrenos macios.

Para terrenos difíceis

O Prodrive Hunter é um verdadeiro veículo para aventuras em fora de estrada, contando com uma suspensão de braços duplos na traseira e na frente com um curso de 400 mm, isto é, mais 500 mm do que a versão de competição do Dakar.

A Prodrive dotou o Hunter com uma caixa de seis velocidades, com comando sequencial, para transmitir a potência às quatro rodas motrizes.O veículo está equipado com diferenciais na frente, ao centro e na traseira, assim como amortecedores ajustáveis e um depósito de combustível com capacidade para 480 litros.

Os pneus do Prodrive Hunter estão montados em jantes de liga leve forjadas, que se encontram de um sistema de travagem com especificações de competição, constituído por discos ventilados e pistões com seis pinças.

Primeiro quase vendido

Em termos de preços, o Prodrive Hunter está ao nível dos supercarros mais caros da atualidade. Antes de impostos custa, no Reino Unido, cerca de 1,49 milhões de euros (1,25 milhões de libras). Serão produzidas 25 unidades na fábrica de Bainbury e a primeira já está praticamente vendida ao príncipe do Bahrein, Salman bin Hamad Al Khalifa.

LEIA TAMBÉM
Chamar-se-á Hunter. Prodrive cria versão de estrada do protótipo para o Dakar

Numa entrevista recente aos nossos colegas da Autocar, o “patrão” da Prodrive David Richards referia-se ao Hunter como o “Ferrari do deserto”.