Primeiro capotamento de Tesla Model 3 termina… com proprietário contente

Texto: Nuno Fatela
Data: 17 Julho, 2018

Embora o momento não seja de extrema felicidade, pois na verdade acaba de mandar para o sucata o seu automóvel elétrico, o dono do carro afirmou ter ficado agradado com os níveis de segurança e destaca o “comportamento excelente” do Tesla Model 3 capotado.

É verdade que, pela colocação das baterias no piso dos automóveis, é um desafio extremamente pesado capotar um veículo elétrico. Mas nenhum automóvel está livre deste perigo, e agora foi notícia aquele que se acredita ser o primeiro Tesla Model 3 capotado. Embora ainda não sejam conhecidos os testes oficiais de segurança ao modelo neste parâmetro, a verdade é que a sua performance neste acidente acabou por ser elogiada pelo proprietário, que considerou que o automóvel teve um “comportamento excelente” ao nível da segurança.

O compacto elétrico era na altura conduzido pela esposa do homem que relata a história, sendo esta a única pessoa a bordo. Segundo é revelado, este acidente ocorreu a 112 km/h numa autoestrada (colisão entre duas viaturas, seguido de embate no separador que deu origem ao capotamento), mas apenas resultaram ferimentos ligeiros. Testemunhas oculares afirmam que o automóvel deu várias ‘cambalhotas’ antes de se imobilizar com as rodas no ar, mas mesmo depois disso tudo foi possível abrir a porta do lado do pendura para que a condutora saísse.


Veja o incrível recorde de autonomia obtido já este mês com o Tesla Model 3


Embora a mulher ao volante tenha sofrido uma fratura de compressão numa vértebra, provavelmente causada pelos sucessivos impactos durante o capotamento, ela está a recuperar bem. Além disso, as outras sequelas foram apenas pequenas queimaduras causadas pelo despoletar do airbag e nódoas negras. Algo que deixou o proprietário contente, explicando ele que “acho que o carro teve um comportamento excelente, do ponto de vista da segurança. Os airbags do banco protegeram-na durante o capotamento, incluindo um para as pernas colocado debaixo do volante que eu nem sabia que lá estava. Como podem ver pelas fotos, o habitáculo ficou totalmente intacto. O para-brisas e teto panorâmico obviamente estilhaçaram, mas não entraram de forma alguma para o habitáculo”.

Portanto, um alto nível de proteção que agradou ao proprietário que, ainda assim, terá provavelmente voltar a integrar as listas de espera do Model 3 caso deseje um novo exemplar do compacto elétrico. Porque este terá, aparentemente, seguido diretamente para a sucata.

 

Fonte e fotos: Electrek

Partilhar