MobiecoDS3 Crossback E-Tense carga

Publicidade

Potência de carga. Saiba o que é e como funciona

Texto: Marco António
Data: 22 de Novembro, 2023

A potência de carga é a quantidade de energia por unidade de tempo fornecida à bateria de um carro elétrico ou híbrido plug-in. É normalmente medida em quilowatts (kW).

Se a energia de carga for 20 kW, em uma hora a bateria armazenará 20 kWh, em duas horas 40 kWh e assim por diante. Ou seja, quanto maior for a potência, mais quilómetros o carro pode percorrer após essa recarga.

LEIA TAMBÉM
Europa vs. China: sabe onde se venderam mais elétricos, em 2020?

 Esses cálculos verificam-se em condições ideais, por isso, não levam em conta as perdas de energia que ocorrem durante o processo e que são transformadas em calor devido ao efeito de joule. Ao mesmo tempo que consideram que a energia de carga é constante durante o processo, algo que na realidade não acontece.

Os tipos de corrente

O fornecimento pode ser feito em corrente alterna (AC) ou corrente contínua (CC). Como a bateria trabalha com corrente contínua, quando é alimentada com corrente alternada, existe um retificador de corrente e tensão. 

Se a eletricidade flui como corrente contínua, a energia de carga pode ser muito maior, pois essa transformação da corrente que passa pela rede (sempre alternada) é feita na própria instalação do carregador, não no carro, e possui uma capacidade maior para realizar a conversão.

Dependendo do tipo de corrente, as potências de recarga são estabelecidas. Os valores mais comuns são os seguintes:   

Potência
(kW)
Tensão
(V)
Intensidade
(A)
Tipo de corrente Tipo de recarga
2.3 230 10 Alterna monofásica lenta
3.7 230 16 Alterna monofásica lenta
7.4 230 32 Alterna monofásica semi-rápida
11 380 16 Alterna trifásica semi-rápida
22 380 32 Alterna trifásica semi-rápida
44 380 64 Alterna trifásica rápida
≥ 50 ≥ 300 ≥ 100 Continua ultra-rápida

Calcular a energia de carga

Para calcular a energia de carga em uma rede de corrente alternada monofásica, a tensão deve ser multiplicada pela intensidade (exemplo: 230 V x 10 A = 2,3 kW). 

Se for uma rede trifásica, a tensão deve ser multiplicada pela intensidade e pela raiz quadrada de três (exemplo: √3 x 380 V x 32 A = 22,1 kW)