Como a Porsche evita o Turbolag

Texto: Nuno Fatela
Data: 10 Setembro, 2018

Conheça o sistema Dynamic Boost, com o canal de Youtube Engineering Explained a mostrar o segredo da tecnologia que permite à Porsche evitar atrasos na entrada do Turbo.

Já rendida a todas as vantagens que a turboalimentação pode fornecer aos seus automóveis, utilizando esta tecnologia nos SUV e nos 911 e 718, uma das preocupações que a Porsche teve de ter ao introduzir este sistema foi evitar os habituais atrasos na entrada em funcionamento dos turbos. A situação, habitualmente designada como Turbo Lag, significa um pequeno atraso no resposta ao acelerador, devido à falta de ar nestes componentes. Mas a marca alemã procurou evitar isso com o sistema Dynamic Boost, que agora é explicado ao pormenor no vídeo seguinte.

Como é referido, quando uma pessoa não está a pressionar o pedal do acelerador, habitualmente a injeção e a admissão de ar são cortadas. Logo, o fluxo de gases de escape que alimenta o turbo é diminuído. E isso significa que, ao regressar ao acelerador e reativar a combustão, demora algum tempo até o turbo voltar a “encher” e conseguir fornecer grandes quantidades de ar ao motor. É isso que pode ser designado como o Turbo Lag, essa demora causada pela falta de gases de escape para que este componente trabalhe com todo o vigor nos seus milhares de rotações por minuto.

Como contraria a Porsche esta situação? Ela deixa a admissão  de ar aberta mesmo quando não se está a pressionar o acelerador. Essa situação significa que mais ar está a ser enviado para o sistema de escape, o que vai ter o mesmo efeito no turbo. Dessa forma, quando se volta a premir o pedal do lado direito, demora menos tempo para que o turbo se encha e trabalhe a todo o vigor, pois apenas tem de recuperar de um nível de velocidade intermédio. Além disso, o Dynamic Boost oferece outra vantagem, pois permite ter um comportamento mais próximo dos motores atmosféricos quando se regressa ao acelerador, pois a câmara de combustão já está repleta de ar. E desta forma, o Turbo Lag passa a ser um problema bem menor para os desportivos da Porsche.

 

Fonte: Engineering Explained, via Road&Track

Partilhar