Publicidade

Porsche. Tenista João Sousa “defronta” rival Schwartzman na pista do Estoril


Data: 30 de Abril, 2022

O Estoril Open, que trouxe até nós alguns dos melhores tenistas a nível mundial, teve este ano a Porsche como um dos patrocinadores principais. Oportunidade, também, para um outro tipo de confronto, entre os tenistas João Sousa e Diego Schwartzman, mas na pista do Circuito do Estoril.

Parte dos eventos paralelos que tradicionalmente fazem parte daquele que é o mais importante torneio internacional de ténis realizado em solo português, destaque, este ano, para um “mano a mano” entre o português João Sousa e o argentino Diego Schwartzman. O qual teve como palco, não os courts do Clube de Ténis do Estoril, mas a pista do Autódromo do Estoril.

Deixando, ainda que apenas por breves momentos, as raquetes, os dois tenistas aceitaram o desafio de testar as suas capacidades, mas ao volante de um Porsche 718 Boxster.

Acompanhados pelo vice-campeão nacional de Velocidade, Pedro Marreiros, os dois jogadores mostraram-se impressionados com as capacidades do Porsche 718 Boxster, confirmando, igualmente, o seu apreço pelos desportos motorizados.

LEIA TAMBÉM
Porsche já tem solução para salvar motores de combustão

De resto, Diego Schwartzman assumiu que “há já algum tempo que acompanho o Mundial de Formula 1” e que “gosto de conduzir carros rápidos”. “Embora nunca tenha feito algo como isto”, confessou.

Também por esse motivo e apesar das palavras de Pedro Marreiros, para que acelerasse mais e mais, “senti algum receio”, reconheceu, “apesar de estar a tentar competir com o João”. Ainda assim, “foi muito giro e muito divertido”, concluiu.

O tenista argentino Diego Schwartzman teve o seu baptismo em pista no Estoril, ao volante de um Porsche 718 Boxster
O tenista argentino Diego Schwartzman teve o seu baptismo em pista no Estoril, ao volante de um Porsche 718 Boxster

Já o português João Sousa, não deixou de recordar o peso histórico do Circuito do Estoril, até por “ter sido aquele onde o [brasileiro Ayrton] Senna venceu pela primeira vez na Fórmula 1”. O que faz com que, “para um fã, seja sempre um prazer estar aqui”.

Sobre o seu desempenho, o tenista luso aproveitou para brincar com o adversário de ocasião, afirmando que “acho que correu bem, acho até fiz melhor que o Diego, o que é sempre bom. Pelo menos, fora dos courts”.

“Foi muito bom estar aqui e, poder conduzir um Porsche, é sempre um prazer”, afirmou.