Polícia brasileira desmantela fábrica clandestina de Ferraris e Lamborghinis

Texto: Filipe Bragança
Data: 17 Julho, 2019

A feitoria ilegal operava a partir da cidade de Itajaí, no estado brasileiro de Santa Catarina.

Já imaginou puder comparar um Ferrari ou um Lamborghini novo, por menos de 50.000 euros (250.000 reais)? Até parece bom demais para ser verdade. E não é que mais uma vez o provérbio revela toda a sua sabedoria? Esta oferta feita por uma quadrilha, que a policia brasileira acaba de desmascarar. A operação envolvia a construção e venda de réplicas não oficiais de Ferraris e da Lamborghinis, a uma fracção do preço dos originais.

O grupo construía as réplicas por encomenda, a partir de peças automóveis de qualidade inferior. No armazém onde a policia desmantelou operação, foram encontrados 8 veículos, várias peças e ainda dezenas de emblemas falsos.

“Num dos carros estavam a colocar o motor de um Chevrolet Omega (um sedan comercializado no Brasil)”, comentou o responsável pela operação da policia, numa entrevista à Folha de São Paulo.

De acordo com a Polícia Civil, esta investigação já durava há dois meses, após este esquema ter sido denunciado por uma firma de advogados, de São Paulo, especializada na representação das marcas em questão. Dois indivíduos foram presos no loca, pai e filho, que confessaram ser os responsáveis da operação. Em sua defesa garantem que as réplicas estavam devidamente legalizadas. Os alegados criminosos encontram-se em liberdade e aguardam julgamento.

Veja também:

Esta réplica de um La Ferrari é absurda
Este Bugatti Chiron é… um Hyundai
Já pode comprar um Bugatti Veyron por 5000 euros

Fonte: Motor1 / Polícia Civil de Santa Catarina