Petrolíferas garantem que “não haverá crise de abastecimento”


Data: 16 Setembro, 2019

O secretário-geral da Associação Portuguesa de Empresas Petrolíferas (Apetro), António Comprido, disse esta segunda-feira, 16 de setembro, que “não haverá nenhuma crise de abastecimento” de combustíveis na sequência do corte na produção de petróleo na Arábia Saudita.

Em declarações à margem da apresentação de um estudo solicitado pela associação à KPMG sobre o papel dos produtos petrolíferos na redução das emissões carbónicas em Portugal, Comprido afirmou que “não vai faltar petróleo no mercado”, mas que um ataque a uma refinaria na Arábia Saudita causa nervosismo nos mercados financeiros.

“Não vai haver nenhuma tragédia em termos de subida do preço dos combustíveis”, afirmou António Comprido, esclarecendo que, a haver um ajustamento de preço, será “na ordem daquilo a que estamos habituados no dia a dia nas subidas e descidas semanais”.

“Queremos acreditar que ela [a situação de corte] não será muito duradoura e que se irá esbater ao longo dos próximos dias”, sublinhou.