Diesel abastecimento

Publicidade

Petróleo dominará energia até 2040

Texto: João Monteiro de Matos
Data: 11 de Novembro, 2019

O petróleo deverá continuar a dominar o mercado das energias até 2040, perdendo, naturalmente, espaço para outras energias.

Pelo menos é o que diz o relatório anual da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP) apelidado de ‘Previsões Mundiais de Petróleo 2019’ apresentado a cinco de novembro em Viena, Áustria.

De acordo com este estudo, prevê-se que se chegue a produzir 110,6 milhões de barris diários até 2040.

Apesar de se estar numa época de “eletrificação” de quase todos os produtos que utilizem combustíveis fósseis, o petróleo continuará a ser o “rei” das energias já que, “nos países em vias de desenvolvimento, este combustível é e será o mais utilizado”, indica a a mesma fonte.

Para além disso, estima-se que a China e a Índia – dois dos países mais populosos do mundo – não recuem na utilização de petróleo tal como deverá acontecer nos países desenvolvidos, razão pela qual se pense que este número (110,6 milhões de barris diários) não deverá ser reduzido nos próximos anos.

A todos estes elementos juntam-se igualmente as novas dinâmicas políticas emanadas dos Estados Unidos da América (EUA) em que a própria presidência norte-americana, liderada por Donald Trump, ameaça romper com o Acordo Ambiental de Paris que limitava, por exemplo, o uso de combustíveis de origem fóssil nos próximos anos.