Publicidade

É oficial: o Grupo PSA comprou a Opel

Texto: Francisco Correia
Data: 6 de Março, 2017

Após a confirmação das negociações, os franceses da PSA finalizaram a compra da Opel, que pertencia à General Motors desde 1929

O Grupo PSA anunciou a compra da Opel ao grupo General Motors por 2,2 mil milhões de euros. Assim, a Opel junta-se ao grupo que já congrega a Peugeot, a Citröen e a DS, formando o segundo maior fabricante do mercado europeu. O conjunto das quatro marcas atinge uma quota de mercado de 16%, apenas superada pelos 24% do grupo Volkswagen.

Esta transacção entre a PSA e a GM encontra-se dividido em duas parcelas. A primeira consistiu na compra da marca Opel (sediada na Alemanha) e da subsidiária Vauxhall (sediada no Reino Unido) por 1,3 mil milhões de euros. A segunda trata-se da compra das operações financeiras europeias da General Motors, no valor 900 milhões de euros.

“Estamos orgulhosos de unir forças com a Opel/Vauxhall e estamos profundamente empenhados em continuar a desenvolver esta grande empresa e acelerar a sua reviravolta.”, disse o empresário português Carlos Tavares, Presidente do Conselho de Administração da PSA, aludindo aos prejuízos de cerca de 9 mil milhões de euros desde 2009. “Respeitamos tudo o que as pessoas talentosas da Opel/Vauxhall conseguiram, bem como as boas marcas da empresa e o seu forte património. Pretendemos gerir a PSA e a Opel/Vauxhall capitalizando as respectivas identidades da marca. Sabemos que a Opel/Vauxhall é o parceiro certo porque já criámos produtos vencedores juntos. Vemos isso como uma extensão natural do nosso relacionamento e estamos ansiosos para levá-lo para o próximo nível.”, reforçou Carlos Tavares.

É conhecido que as duas marcas já trabalham juntas. Em Fevereiro deste ano, a Opel lançou o SUV CrossLand X que partilha a forma compacta do último Citröen C3 da PSA e que estará presente no Salão Automóvel de Genebra. Ainda esta ano, a Opel irá anunciar o lançamento de um SUV de maiores dimensões, já totalmente construído nas instalações da PSA, em França.

Espera-se agora por mais informações sobre o plano do Grupo PSA para a Opel nos próximos dias.