Publicidade

O incomparável Moke está de volta, e foi ao Salão de Paris

Texto: Nuno Fatela
Data: 4 de Outubro, 2018

Este modelo, que chegou a ser produzido em solo nacional durante as últimas décadas do século passado, veio mostrar que mais de 50 anos após o lançamento o seu estilo ‘MOKE’ continua a fazer furor

Entre as marcas de maior e menor nomeada que estão presentes no Salão de Paris, existe um pequeno espaço que de destaca pela nostalgia… e pela cor. Trata-se da zona dedicada à Moke International, responsável atualmente pelo fabrico do Moke. Este modelo foi desenvolvido a partir do Mini, a partir da ideia de Sir Alec Issigonis para criar um “irmão” mais aventureiro para o pequeno automóvel britânico. E a história do Moke é longa, com a produção a passar por locais como a Inglaterra, a Austrália e até Portugal (primeiro em Setúbal e depois em Vendas Novas) durante as décadas de 1980 e 1990. De momento é a empresa Moke International, com sede em solo britânico, que tem os direitos de fabrico deste simpático buggy, estando desde 2012 a comercializá-lo em países como a Austrália, Seychelles, Caraíbas e Tailândia.

Conhecido originalmente como Mini Moke, este modelo foi desenvolvido para ser uma viatura militar. Mas não passou da “recruta”, já que as suas pequenas rodas e curta distância ao solo não permitiam a utilização em determinados terrenos. No entanto, foi-se tornando aos poucos um veículo de culto para a condução nas praias, algo que se explica facilmente pelo seu apelativo visual de veraneante.

Esse estilo peculiar e caloroso foi novamente mostrado agora em Paris, com dois simpáticos exemplares. Mas essa personalidade alegre acaba por ser ainda mais visível nas opções disponíveis no site, onde o MOKE surge em várias cores garridas que pode também apreciar na galeria de fotos. Em termos mecânicos, atualmente ele recorre a um motor de um litro com quatro cilindros, conetado a caixas manuais de cinco velocidades ou automáticas, e anuncia uma potência de 50cv e binário de 93Nm. Nada de muito espantoso, mas certamente já suficiente para se poder divertir à grande nas dunas…

 

Fotos: Salão de Paris e MOKE International