Novo Supra mostra-se em versão desportiva

Texto: Nuno Fatela
Data: 6 Março, 2018

Anunciando o renascimento de um mito, este Toyota GR Supra Racing Concept permite já ficar a saber alguns traços do visual do modelo de produção que está a ser desenvolvido em conjunto com o BMW Z4

Nascido em 1978 (A40) e com uma história que teve continuidade pelas sucessivas gerações apresentadas em 1981 (A60), 1986 (A70) e 1993 (A80), o Supra é um dos mais icónicos desportivos de sempre da Toyota. Algo comprovado até pelo facto de ser, quando foi descontinuado em 2002, o mais potente modelo da gama do fabricante nipónico. Ainda hoje em dia são muitos os que o recordam com nostalgia, algo que ajuda a explicar porque a marca decidiu agora ressuscitar o modelo, através de um projeto de desenvolvimento em conjunto com o do BMW Z4.

Para anunciar os traços estilísticos que podem vir a surgir na geração A90 surge agora em Genebra o concept Toyota GR Supra Racing Concept, que até ostenta o número 90 nas portas para reforçar esta ligação. O modelo contempla uma arquitetura com motor dianteiro e tração traseira e materiais de baixo peso. Apesar de não serem conhecidas as especificações, ou se esta será efetivamente a opção da marca (existem rumores sobre uma motorização híbrida), o que é certo é que a imagem exterior contempla já alguns dos elementos do design final. Por isso é provável que o nariz e a silhueta lateral venham posteriormente a surgir num modelo homologado para as estradas. Nestes locais existem até algumas similaridades com outro concept recente que tem sido associado ao futuro Supra, o GR HV Sports Concept revelado no Salão de Tóquio.

Nesta antevisão através do modelo de competição Toyota GR Supra Racing Concept destaque para a inclusão de diversos elementos de otimização aerodinâmica. A lista inclui o splitter dianteiro, as saias laterais, a asa e difusor na traseira e ainda as capas dos retrovisores, todos eles fabricados com compósitos de baixo peso. Com uma reduzida distância ao solo, este modelo tem jantes BBS e sistema de travagem da Brembo, calçando pneus de competição da Michelin. Também com origem nos modelos exclusivos para circuito é o sistema de escape utilizado.

O cockpit é também focado na competição, com a instrumentação integrada no volante e ainda um segundo ecrã ao centro, sobre os vários controlos destinados à configuração do carro.  Esta versão destinada apenas para pistas tem ainda volante amovível e com patilhas, que está montado diretamente na coluna de direção exposta, painéis de fibra de carbono nas portas e também roll-cage e extintor, tudo elementos que reforçam ainda mais a atmosfera de competição do Toyota GR Supra Racing Concept.

Partilhar