Novo Land Rover Discovery Sport já chegou

Texto: Ricardo Machado
Data: 19 Setembro, 2019

Mais profunda do que a imagem deixa transparecer, a renovação do Discovery Sport parte da base. Ao migrar para a plataforma do novo Range Rover Evoque, o Land Rover de sete lugares abre as portas à eletrificação. Para já chegam as versões “Mild Hybrid”, com rede elétrica de 48 V, para o ano vai receber uma bateria maior, com possibilidade de carregar na tomada. O novo Discovery Sport já chegou aos concessionários Land Rover, com preços desde os 51 251 €.

Assumindo a vertente equilibrada da família Land Rover, entre o Luxo do Range Rover e o espírito aventureiro do Defender, o Discovery Sport é um dos modelos mais populares do construtor britânico. A funcionalidade dos sete lugares, com uma terceira fila que, para transportar crianças ou adultos com dotes de contorcionismo, anula quase por completo a bagageira, continua a ser um forte argumento de vendas.

Ao permitir um total de 24 configurações, as três filas de bancos, com a central dividida 40:20:40, garantem um habitáculo capaz de satisfazer todas as necessidades. A funcionalidade conhecida foi reforçada com acabamentos mais agradáveis ao toque e controlo individual da temperatura para as três filas. À frente há um ecrã maior e a conetividade que se espera de um SUV do século XXI.

Embora as dimensões exteriores e a imagem se mantenham fiéis à primeira geração, salvo as mudanças óbvias da grelha e óticas, o Discovery Sport recebeu um importante upgrade de hardware. A partilha da arquitetura com o Range Rover Evoque garantiu o acesso à rede elétrica de 48 V e à eletrificação. Para já temos o Mild Hybrid MHEV, que promete a habitual redução de consumos, sem esquecer o apoio ao motor térmico nos baixos regimes para compensar o atraso do turbo. Circular em modo EV só no próximo ano, com o Discovery Sport PHEV.

Todos os motores têm dois litros e quatro cilindros e, com exceção da versão de acesso 2.0 eD4 de 150 cv e tração dianteira (51 251 €), estão associados a caixas automáticas de nove velocidades. A tração pode ser dianteira ou integral, com acionamento automático em função das capacidades de tração para poupar combustível.

Pertencendo à família Land Rover não podia faltar o Terrain Response 2. O comando rotativo migrou da consola central para o tablier, onde pode também controlar a climatização. Mantém os modos de condução fora de estrada e viu a capacidade de passagem a vau aumentar para os 600 mm. Entre as novidades tecnológicas destaca-se o sistema Ground View, que recorre às câmaras para projetar no ecrã da consola uma imagem do piso sob o capot.

Já disponível para encomenda, o novo Land Rover Discovery Sport tem três níveis de potência para o diesel de dois litros: 150 cv, sempre com tração dianteira e caixa manual; 180 cv, já com caixa automática e tração integral, tal como a variante de 240 cv. A gasolina só há caixa automática e tração integral, com a potência do bloco de dois litros e quatro cilindros a variar entre os 200 cv e os 249 cv.