Novo BMW X1 revelado (c/ vídeo)

Texto: Filipe Bragança
Data: 29 Maio, 2019

Modelo actualizado do X1 foi hoje apresentado pela marca alemã.

Foi revelado o renovado BMW X1, que estará disponível com os níveis de equipamento X1 (base), xLine, Sport Line e M Sport. Com alguns retoques a nível estético, destacam-se o novo pára-choques frontal, que abandonou os farolins redondos, e a grelha maior, que agora converge ao centro. Outro apontamento que será disponibilizado é a projeção LED ‘X1’ colocado no espelho lateral, embora não fique explicito nas informações da marca se este será um opcional ou equipamento de série.

Para completar o ‘restyling’ exterior, o novo X1 irá disponibilizar três novas cores – ‘Jucaro Beige’, ‘Misano Blue matallic’ (apenas na versão M Sport) e ainda o exclusivo ‘Storm Bay metallic’. Para além destas novas cores, o BMW X1 recebe também quatro novos conjuntos de jantes. Na sua versão mais potente e com o nível de equipamento’M Sport’, o X1 irá ter à sua disposição um conjunto de extras que espelham a sua veia mais desportiva.

O alinhamento actualizado do X1 compreende agora um conjunto de 16 opções de motorizações e transmissões (entre motores diesel, gasolina e híbridos, caixas manuais e automáticas e tração dianteira ou integral), adaptando a oferta às diversificadas preferências dos condutores. Esta gama de motores de combustão apresenta consumos que se estendem dos 4.1 aos 6.8 l/km (com emissões de CO2 107-155 g/km), enquanto o híbrido que entra em comercialização no próximo ano promete gastar em média 2,0 l/100km . Todas as motorizações irão cumprir as normas do Euro 6d.

BMW X1 sDrive16d (Diesel) transmissão de manual de 6 velocidades
1495 cc Turbo de três ou quatro cilindros em linha. Potência: 116 cv. Binário máximo: 270 Nm. Consumos: 4.4 – 4.1 l/100 km. Emissões CO2 - 116 – 109 g/km
BMW X1 sDrive16d (Diesel) transmissão automática de 7 velocidades
1495 cc Turbo de três ou quatro cilindros em linha. Potência: 116 cv. Binário máximo: 270 Nm. Consumos: 4.4 – 4.2 l/100 km. Emissões CO2 - 116 – 109 g/km.
BMW X1 xDrive25d (Diesel) transmissão automática de 8 velocidades
1995 cc Twin-Turbo de quatro cilindros em linha. Potência: 231 cv. Binário máximo: 450 Nm. Consumos: 5.2 – 4.9 l/100 km. Emissões CO2 - 136 – 128 g/km.
BMW X1 xDrive25i (gasolina) transmissão automática de oito velocidades
Twin-Turbo de quatro cilindros em linha. Potência: 231 cv. Binário máximo. Consumos: 6.8 – 6.3 l/100 km. Emissões CO2 - 155 – 144 g/km.
BMW X1 xDrive25e (versão hibrida prevista para o próximo ano)
Terá autonomia para realizar 50 km em regime 100% eléctrico. Consumos a partir de: 2.0 l/100 km. Emissões CO2 a partir de: 43 g/km.

O interior deste X1 recebeu um novo conjunto de estofos, onde se destacam as costuras coloridas, em efeito ‘dégradé’, que contrastam com as tonalidades do habitáculo. Em termos de equipamento de série, o destaque vai para o infotainment, que recebeu um ecrã táctil de 10.25 polegadas mas que pode ser controlado também por voz. Nota ainda para a porta da mala automática, disponível como opcional.

O arranque da produção do novo BMW X1 está marcada para o mês de Julho, deste ano. Quando a preços, será necessário esperar por um momento mais perto da entrada em comercialização.

 

Veja também:

BMW revela kit de performance para nova geração do Série 1
Novo BMW Série 1: tracção dianteira e mais espaço
BMW “picou” e a Mercedes respondeu…
BMW recria concept dos anos 70