Publicidade

Nova marca de elétricos procura acionistas

Texto: Nuno Fatela
Data: 3 de Março, 2017

Caso queira ter uma participação numa das potenciais rivais da Tesla, a Dubuc Motors está a promover uma fase de financiamento coletivo da empresa.

A Dubuc Motors é uma marca que tem vindo a procurar conquistar o seu espaço no segmento dos veículos elétricos, afirmando ter criado o primeiro modelo desportivo de emissões 0 com capacidade para quatro ocupantes, numa configuração 2+2, um bólide com o sugestivo nome de Tomahawk. A companhia anunciou ter agora recebido a autorização nos Estados Unidos da SEC (Securities and Exchange Comission) para uma fase de financiamento coletivo que concede a acionistas credenciados e não credenciados a possibilidade de investir na empresa. Isto significa uma oportunidade para ficar com uma parte do capital da empresa, por valores desde os 200 dólares, embora a Dubuc tenha já mais de 6 milhões de dólares em indicações de interesse. Fundada em 2013, embora já com mais de uma década de pesquisa e desenvolvimento para a criação de soluções sustentáveis nos segmentos de luxo, o primeiro modelo de produção será o Tomahawk, de que lhe revelamos mais informações no próximo parágrafo.

 

Pretendendo implementar uma produção anual de 1500 exemplares, a Dubuc Motors afirma que o Tomahawk será um míssil silencioso que nasce da ideia de que “um carro exótico desportivo pode ser tão prático como um sedan”. Apresentando um chassis em fibra de carbono e alumínio, que acomoda baterias com 100kWh de capacidade a fornecer energia a motores colocados nos dois eixos (cuja potência não foi especificada), é anunciado que a aceleração até aos 100km/h se efetua em 3.0 segundos e a autonomia máxima será de 600 quilómetros. Contando ainda com uma suspensão pneumática ajustável e um controlo de tração com vectorização do binário, o modelo procura também destacar-se pela grande habitabilidade, conseguida devido à ingeniosidade no desenvolvimento do interior espaçoso que oferece conforto e grande capacidade de carga mesmo quando partir em busca das mais excelsas performances. Muitos podem nunca ter a possibilidade de estar ao volante de um Tomahawk, mas isso não retira a possibilidade de investir na Dubuc Motors (através deste link)e poder vir a beneficiar com os futuros lucros da empresa.