Nissan IMS concept estreia configuração 2+1+2

Texto: Nuno Fatela
Data: 15 Janeiro, 2019

Apresentado no Salão de Detroit, o Nissan IMS Concept mostra-nos um sedan desportivo elétrico com capacidade de condução autónoma, do qual a marca destaca a configuração do habitáculo

As marcas estão sempre a tentar encontrar formas de surpreender o mundo, e com a chegada dos modelos elétricos as possibilidades de inovar multiplicaram-se. Um dos fabricantes com mais conhecimento nesta área é a Nissan, ou não fosse o Leaf o veículo elétrico mais comercializado de sempre, e agora tirou proveito desse know-how para inovar no Salão de Detroit. Para tal desvendou o Nissan IMS concept, um modelo que vem introduzir o conceito “Premier Seat”, em que a configuração 2+1+2 do interior está concebida para tirar proveito da maior habitabilidade proporcionada pelas plataformas de veículos de emissões 0 com as baterias colocadas sob o piso do automóvel.

O fabricante nipónico designa este modelo como um sedan desportivo elétrico colocado numa classe à parte, que recorre a dois motores, com potência combinada de 483cv, para oferecer tração integral. Alimentado por uma bateria de 115kWh, o Nissan IMS Concept garante uma autonomia de 610km, sendo destacada a forma como a configuração ‘dual motors’ permite uma distribuição mais equalitária do peso entre a frente e retaguarda, proporcionando maior aderência em pisos escorregadios e comportamento superior em curva. Já a suavidade de rolamento é garantida por uma suspensão pneumática que se adapta aos diversos cenários que surgem durante a condução.

 

“Proporções provocantes, carácter desportivo e excelente aerodinâmica”

As três características acima referidas são usadas pela marca para definir o estilo exterior do Nissan IMS. Mas eles são moldados para se combinarem com traços identitários da Nissan, com a grelha “V-Motion”, com esta assinatura de estilo em V a ser também transportada para a assinatura visual da iluminação. E, falando dos grupos óticos, referência para a cor azul que ela assume quando o concept segue em modo autónomo.

O Pilar B camuflado e a abertura em sentido oposto das portas são dois traços estéticos que também se destacam no exterior. Tal como acontece com as jantes de 22”, com estas generosas dimensões a servirem para enfatizar o caráter desportivo deste sedan elétrico. Na imagem “do lado de fora” do Nissan IMS referência ainda para o padrão Asanoha, oriundo da cultura nipónica e de formas geométricas, que surge em tons dourados no teto panorâmico e jantes para contrastar com o Liquid Metal da pintura da carroçaria.


Recorde também o SUV IMX, outro concept da Nissan revelado recentemente


2+1+2

A principal curiosidade neste concept reside no que a marca designa como uma nova conceção do habitáculo. Na verdade continuam a existir duas filas de bancos. Mas, pelo facto do assento central na traseira sobressair, ele é assinalado como uma fila distinta. Sobre o interior, destaque ainda para a utilização do padrão Asanoha e ainda os detalhes em ouro, que além de enriquecerem a atmosfera também vão conferir mais luz ao habitáculo. De referir ainda que, por estar pensado também para a condução autónoma, este interior foi concebido para que o condutor possa ter mais interação com os outros ocupantes ou possa completar tarefas diversas quando o Nissan IMS assume sozinho o controlo da viagem…