Mobieco

Publicidade

Para 2028. Nissan anuncia primeiro elétrico com baterias de estado sólido

Texto: Carlos Moura
Data: 8 de Abril, 2022

O primeiro automóvel elétrico da Nissan com baterias de estado sólido deverá ser lançado em 2028, ao abrigo da estratégia de longo prazo “Ambition 2030”. A marca japonesa pretende desenvolver as suas próprias baterias de estado sólido e criou o protótipo de unidade de produção deste componente.

A Nissan pretende introduzir no mercado as suas baterias de estado sólido em 2028. Para o efeito desenvolveu o protótipo de unidade de produção deste componente, localizada no Centro de Investigação da Nissan em Kanagawa, no Japão. Segundo o fabricante nipónico, esta instalação protótipo destina-se a acelerar o desenvolvimento de baterias de estado sólido.

O primeiro automóvel elétrico da Nissan com baterias totalmente sólidas, desenvolvidas internamente, deverá chegar ao mercado daqui a seis anos. Entretanto, o fabricante irá instalar uma linha piloto de produção em série dos primeiros protótipos na fábrica de Yokohama no ano fiscal de 2024, cujos materiais, design e processos de produção, vão ser estudados nesta unidade de pesquisa e desenvolvimento.

A Nissan acredita que as baterias de estado sólido poderão reduzir os custos de 69 euros por kWh  (75 dólares) no abo fiscal de 2028 e para cerca de 60 euros (65 dólares) a partir daí, permitindo colocar os automóveis elétricos ao mesmo nível de custo do que os movidos a gasolina.

Dobro da densidade energética

As baterias de estado sólido poderão contribuir decisivamente para acelerar as vendas de automóveis elétricos. A sua densidade energética é aproximadamente o dobro das baterias convencionais de iões de lítio, enquanto o tempo de carregamento é significativamente mais curto devido ao desempenho superior dos processos de carga/descarga e um menor custo, graças à oportunidade de usar materiais menos dispendiosos. 

LEIA TAMBÉM
Já a partir deste Verão. Nissan anuncia seis novos modelos eletrificados

Com estas vantagens, a Nissan espera utilizar baterias de estado sólido numa vasta gama de segmentos de automóveis, incluindo camiões e pickups, tornando os seus automóveis elétricos ainda mais competitivos.