Publicidade

Com o sucessor do Leaf a exemplificar. Nissan mostra ADAS para 2030

Texto: Francisco Cruz
Data: 27 de Abril, 2022

A Nissan acaba de divulgar a nova geração de sistemas de ajuda à condução, ou ADAS, cujo desenvolvimento ainda decorre, mas que a marca nipónica acredita poder começar comercializar, inicialmente apenas nalguns modelos, a partir de 2025. Muito provavelmente, já depois da apresentação do futuro crossover 100% elétrico, que sucederá ao Leaf, e a que o fabricante recorreu para este vídeo…

Apresentada como um pacote de tecnologias capaz de ajudar a reduzir ainda mais os acidentes de trânsito, este novo conjunto de sistemas avançados de assistência à condução, ou ADAS, deverá, contudo, ver o seu desenvolvimento totalmente concluído, apenas em meados da presente década. O que levará a que esta nova geração do ADAS só esteja verdadeiramente disponível, em toda a gama Nissan, lá mais para 2030, avança a Carscoops.

Contudo, a Nissan destaca, desde já, o sistema de “percepção da verdade no terreno”, capaz de criar um modelo 3D detalhado e altamente preciso dos objectos e da paisagem circundantes, nomeadamente, combinando a tecnologia LIDAR de última geração, com vários sensores de radar e câmaras montados no exterior do veículo.

Com este sistema, em que para o LIDAR a Nissan fez parceria com a Luminar, enquanto na tecnologia de simulação contou com a ajuda da Applied Intuition, a Nissan acredita conseguir garantir uma prevenção de colisões em cenários mais complexos, em que não basta a identificação de veículos, ciclistas e peões. Sendo que, para o conseguir, a marca nipónica mostra imagens de um Nissan Skyline equipado com este sensores que, durante a sua rota, consegue evitar, com sucessor, uma roda desgovernada, um peão fictício e um outro veículo em marcha-atrás, sem a intervenção do condutor.

LEIA TAMBÉM
Para 2028. Nissan anuncia primeiro elétrico com baterias de estado sólido

A par deste tipo de situação, o software inteligente também dá mostras de conseguir identificar congestionamentos de trânsito ou obstáculos na estrada, conseguindo, inclusivamente, mudar de faixa de acordo, caso o condutor não o faça.

Entre os vários tipos de situações ou acidentes, com um maior grau de complexidade, que a Nissan mostra este novo ADAS a conseguir ultrapassar, surge o caso de uma pickup com um reboque a bloquear a via, de uma berlina a embater num camião e a entrar em rodopio na estrada, e de um objecto de grandes dimensões que voa da outra via em direcção ao pára-brisas do Nissan. Sendo que o fabricante japonês garante que, neste tipo de situações, o novo sistema consegue “analisar de imediato a situação, decidir e executar  automaticamente as operações necessárias a evitar a colisão”. Isto, além de ser de uma utilidade extrema, também em situações em as informações no mapa não surgem convenientemente detalhadas ou até disponíveis.

O Nissan Skyline com todo o arsenal tecnológico do novo ADAS
O Nissan Skyline com todo o arsenal tecnológico do novo ADAS, mas que só deverá estar disponível em toda a gama da marca em 2030

Finalmente e a servir de protagonista em muitas das ilustrações que serviram de exemplo e comprovativo da eficácia do novo ADAS, o próximo crossover 100% elétrico que a Nissan começou por anunciar ainda em 2021, mas que, a fazer fé nestas imagens, ainda não passa de um concept. Isto, apesar do fabricante ter já anunciado que o modelo será produzido no Reino Unido, mas com comercialização a nível mundial, e que utilizará como base a mesma arquitectura CMF-EV do Nissan Ariya e do Renault Megane E-Tech.

Mas se, no caso desta nova proposta, o expectável é de que surja no mercado dentro de pouco tempo, até porque o modelo que vem substituir, o Leaf, já conta com uma longa vida, no que ao novo ADAS diz respeito, as previsões são de que a sua introdução comece, nalgumas propostas pré-seleccionadas, a partir de 2025. Com a disseminação por toda a gama a ter lugar apenas por volta de 2030.

O futuro crossover elétrico da Nissan, sucessor do atual Leaf
O futuro crossover elétrico da Nissan, sucessor do atual Leaf