Morgan leva dois “novos clássicos” ao Salão de Genebra

Texto: Nuno Fatela
Data: 7 Março, 2018

Mais uma vez a combinação entre um estilo “retro” e capacidades dinâmicas modernas do fabricante britânico volta a surpreender, com os modelos de tributo Aero GT e Plus 8 50th Anniversary a serem as novidades da Morgan no Salão de Genebra 2018.

Se existe marca que consegue aliar com toda a mestria motorizações e tecnologias atuais com um estilo clássico, aperfeiçoado ao longo dos seus 109 anos de vida, é a Morgan (que até vai levar essa combinação para os elétricos em 2019). O fabricante britânico volta agora a estar sob as luzes da ribalta, apresentado duas estupendas novidades no primeiro grande Salão Automóvel realizado em solo europeu este ano. A presença da Morgan no Salão de Genebra 2018 fica marcada pela edição especial que fecha com todo o esplendor a senda do Aero 8, designada de Aero GT, e também por outra versão exclusiva que vem assinalar os 50 anos de vida do Plus 8.

Em tons cinzento cortados por detalhes a amarelo, o Aero GT é o mais chamativo dos modelos que  o histórico construtor britânico desvenda em solo helvético. Ele recorre ao habitual motor atmosférico V8 de 4,8L oriundo da BMW, que também fornece uma transmissão manual de seis velocidades para ligar ao bloco com potência a rondar os 370cv. Considerado como o mais extremo modelo saído das linhas de produção em Malvern, o Morgan Aero 8 consegue atingir os 100 km/h em 4,5 segundos e uma velocidade máxima de 274km/h.

Este modelo vem encerrar com chave de ouro a produção do modelo Aero 8, lançado no ano 2000, e está limitado a apenas oito exemplares. Para tal as capacidades deste modelo foram levadas ao extremo através de diversas inovações na aerodinâmica, como as canalizações para extrair o ar nas cavas das rodas dianteiras e as lâminas nas laterais do para-choques. Dos elementos aerodinâmicos inspirados no Aero 8 GT3 lançado em 2009 faz ainda parte o grande difusor na traseira. O teto, que conta também com um apêndice aerodinâmico, pode opcionalmente ser produzido em fibra de carbono. Para assinalar esta natureza distinta do Aero GT, ele inclui ainda logos específicos que foram criados à mão por um joalheiro britânico. Também o interior é manufaturado e conta com novos padrões e também opções adicionais de escolha nas madeiras a integrar.


Para os mais novos a Morgan criou também o EV3 Junior, que pode encontrar neste artigo


O outro modelo que assinala a presença da Morgan no Salão de Genebra 2018 é o Plus 8 50th Anniversary, com o próprio nome a indicar que ele celebrar as cinco décadas de produção do Plus 8. Como tal, ele será produzido numa série limitada de 50 exemplares, todos eles a expressar a exclusividade através de placas numeradas. Em termos estéticos ele conta com logos específicos e pode ser encontrado nos tons azul Speedster ou verde British Racing, o primeiro apenas como descapotável e o segundo a contar com uma capota em lona. O visual recebe ainda novas jantes, criadas pelo departamento de design da marca, e os proprietários vão ainda receber um relógio criado pela britânica Christopher Ward para assinalar este aniversário.

Continuando a ter um chassis em alumínio, mantém-se igualmente a opção pelo motor V8 da BMW que também equipa o Aero GT. Neste caso ele pode surgir não apenas conetado com a transmissão manual de seis relações mas igualmente com uma caixa automática de seis velocidades da ZF. E apesar do seu estilo clássico, também o Morgan Plus 8 50th Anniversary tem performances assinaláveis, pois ele atinge os 100km/h nos mesmos 4,5 segundos da edição final do Aero 8, embora tenha a velocidade limitada “apenas” a 250 km/h.