Model S colecionável quando Tesla for à falência

Texto: Nuno Fatela
Data: 25 Janeiro, 2018

Bob Lutz aproveita para lançar uma nova farpa à Tesla, desta vez convidando os clientes a adquirirem o sedan elétrico Model S antes que o dinheiro da marca de Elon Musk se esgote…

Bob Lutz, antigo dirigente de topo de grupos como a GM, Ford, BMW e Chrysler, tem sido um dos maiores críticos da Tesla. Depois de já ter comparado os clientes da marca a “membros de um culto” e de já ter criticado as finanças da empresa, afirmando que “a história está repleta de empresas falecidas que tinham grandes produtos e eram geridas por pessoas brilhantes”, voltou agora a duvidar do futuro do fabricante de veículos elétricos. Utilizando uma fórmula cómica para lançar uma farpa à marca de Elon Musk, ele convida as pessoas a comprar um Model S antes que a Tesla entre na falência, pois considera que este sedan será um futuro modelo colecionável.

 

Bob Lutz refere que “não vejo nada no futuro que possa resolver o problema [nas contas], portanto se estão interessados num futuro carro colecionável, talvez eu sugira que comprem um Model S enquanto eles ainda estão disponíveis”. Mas nem todas as afirmações deste polémico personagem foram críticas, já que Lutz deixa elogios às capacidades do modelo. “Especialmente com os upgrades de performance, é um dos sedans mais rápidos, com maior dirigibilidade e melhor travagem que podemos comprar hoje em dia em qualquer lugar do mundo. Os seus tempos de aceleração superam qualquer desportivo europeu que custa 350.000$”.

 

Ja depois destas primeiras dúvidas sobre o futuro da Tesla, que expressou num evento da Hagerty, Lutz reforçou a ideia em declarações ao NY Times. AO jornal ele referiu que “daqui a 25 anos (o Model S) será lembrado como o primeiro carro elétrico com bom aspeto e realmente rápido. E vão dizer ‘é pena que tenham ido à falência’ “. Portanto, se quer um bom carro que represente um investimento para o futuro, o Model S pode ser um negócio com valor acrescentado…

 

Fonte: Jalopnik e outras fontes