Publicidade

MINI Vision Urbanaut. Um aprazível ambiente de convívio… com rodas

Texto: Redação
Data: 17 de Novembro, 2020

Pode não parecer, mas trata-se de um MINI. Mais concretamente, o mais recente concept digital da marca britânica, intitulado Vision Urbanaut. Mas que, mais do que uma nova proposta, é um aprazível ambiente de convívio e encontro, que, por acaso, também pode viajar.

Veículo compacto, o MINI Vision Urbanaut Concept foi desenhado, segundo a marca britânica, de dentro para fora, com a acessibilidade a ser garantida através de uma única porta deslizante, com um “mecanismo de ponta e giratório”.

Ultrapassada esta porta, um “salão” de quatro poltronas, com as duas dianteiras a apresentarem mecanismos de rotação, sendo que, a do condutor, tem ainda o condão de transformar-se num confortável sofá, assim que o tablier recolhe.

Ao mesmo tempo e a abrir uma espécie de varanda para a rua, um pára-brisas que se eleva, como forma de aproveitar a Natureza lá fora.

LEIA TAMBÉM
Está confirmado. Mini vai lançar dois crossovers elétricos

Do “Canto Acolhedor” ao ‘MINI Token

A tentar transmitir a ideia de estarmos numa sala de estar, e não num automóvel, surge uma outra zona, que a MINI descreve como um “Canto Acolhedor”, onde surge um elegante banco, com um “Loop” iluminado, além de uma mesa e uma planta.

Num ambiente sem botões ou comandos, destaque, igualmente, para o display circular, surgido no meio do concept, local onde, defendem os seus criadores, os ocupantes naturalmente se encontram.

Igualmente a pensar no bem-estar dos ocupantes, o chamado ‘MINI Token’, tecnologia que permite o acesso a três momentos MINI, denominados Chill, Wanderlust e Vibe. O primeiro, a convidar “a uma pausa”, “relax” ou a “um momento de trabalho em total concentração”, ao passo que o segundo, criado especificamente para os momentos de condução.

Quanto ao terceiro, Vibe, foi concebido para criar um ambiente de festa, sendo que a MINI prevê, ainda, a criação de outros ambientes, ajustáveis aos gostos de cada consumidor, não só em termos de iluminação, como também de música e fragrâncias. Isto, num ambiente em que, também por questões ambientais, a muito popular pele é substituída por materiais mais sustentáveis, como tecido e cortiça.

Em comunicação com o mundo

Passando ao exterior do MINI Vision Urbanaut, uma nova frente com ópticas totalmente disfarçadas, que só se tornam visíveis quando ligadas. Isto, além de terem a capacidade de comunicar com o exterior, transmitindo, inclusivamente, mensagens.

Ainda na frente e por se tratar de um veículo elétrico, o Urbanaut apresenta uma grelha frontal fechada, que funciona, igualmente, como um “painel inteligente para condução autónoma“. Sendo que, do exterior, fazem ainda parte uma distintiva cor verde gradiente e elegantes farolins traseiros, além de rodas inspiradas nos skates, cuja cor muda consoante o MINI Moment.

Igualmente invulgar são as imagens que funcionam como lembretes de lugares já estados ou eventos frequentados, e que são apresentados atrás de um vidro, a imitar o efeito de uma vitrine.

Finalmente e como, de resto, já seria de esperar, o MINI Vision Urbanaut Concept foi concebido para ser um veículo 100% autónomo, embora também possa ser conduzido – basta, tão, só, tocar no logótipo no tablier e o volante e os pedais aparecem, para que o condutor possa assumir a condução. Isto, ao mesmo tempo que, na parte superior do tablier, surge um display de paralaxe minimalista, a fornecer a informação essencial.

Ainda que, diga-se, o MINI Vision Urbanaut Concept seja, essencialmente, um ambiente para disfrutar, com a vantagem acrescida de poder mudar de lugar…