Publicidade

Mini pode produzir fora do Reino Unido

Texto: Nuno Fatela
Data: 14 de Março, 2017

Falando do local de nascimento do futuro Mini de emissões 0, o responsável máximo da marca explica a decisão afirmando que a maioria das pessoas não sabe os países onde são fabricados os automóveis.

 

Peter Schwarzenbauer, responsável máximo pela marca Mini dentro do Grupo BMW, afirmou que manter a produção no Reino Unido não é algo fulcral para a marca, uma posição que pode contrariar a ideia de que este é um genuíno produto britânico. Este alto quatro do consórcio bávaro explicou que além das famosas instalações de Oxford, no Reino Unido, também as unidades de produção de Leipzig e Reginsburg, na Alemanha, e Born, na Holanda, estão a ser consideradas na escolha do local para fabricar o futuro Mini elétrico. Em Genebra, Schwarzenbauer foi questionado se era importante manter a produção da Mini em Inglaterra, e a resposta não podia ter sido mais clara. “Não. A marca ser reconhecida como britânica é claramente importante, mas não significa que temos de os produzir lá. A maior parte das pessoas não sabe onde os carros são fabricados”.

Esta ideia faz eco das palavras do CEO do Grupo BMW, também no certame helvético, já que na Suíça Herbert Krueger referiu que o Mini de emissões 0 “pode ser produzido em devidos locais devido à sua arquitetura”. Importante na escolha do local de fabrico para o futuro Mini elétrico será também o acordo relativo ao Brexit, já que a possível introdução de taxas adicionais para os automóveis com origem no Reino Unido pode ser um factor que ajude o consórcio bávaro a fabricar este modelo fora do território britânico.