Mercedes GLC atualizado para 2019

Texto: Nuno Fatela
Data: 28 Fevereiro, 2019

Mudança nos motores, com os gasolina a receberem tecnologia “microhíbrida”, novas assistências de segurança e a introdução das mais avançadas de solução de conetividade da marca são as maiores novidades do Mercedes GLC 2019.

A Mercedes continua a revelar as suas apostas para o Salão de Genebra, e a mais recente novidade revelada é o restyling do GLC. A geração do SUV que foi lançada em 2016 ganha assim novas armas para atacar o mercado, especialmente na área das tecnologias de bordo e de apoio ao condutor. A isto junta-se a total substituição da gama de motores, que ganham mais potência e reduzem os consumos.

Estão confirmados cinco blocos para o Mercedes GLC 2019, com um trio de blocos Diesel a juntar-se ao duo a gasolina. Com o motor M264 de quatro cilindros e dois litros a substituir o anterior M274, os gasolina GLC 200 (197cv) e GLC 300 (258cv) passam a contar com o apoio de um motor de arranque/alternador alimentado por sistema de 48 volts (como o EQ Boost de AMG GLE 53) que garante 16cv adicionais. Nos Diesel, que surgem sempre com o sistema de tração integral 4MATIC, temos o novo OM654 no lugar do anterior OM651, e a debitar 163cv (200d), 194cv (220d) e 245cv (300d).  Para esta gama a gasóleo está também confirmada a caixa automática 9G-Tronic.

Graças ao Dynamic Control, é possível optar entre os modos de condução Comfort, Eco, Sport, Sport+ e Individual. Além disso, com o pack Off-Road opcional o Mercedes GLC 2019 também pode surgir com os modos Off-Road (para terra, gravilha, areia e de neve) e Off-Road+ (“perfeito para terrenos difíceis com inclinações rochosas ou de elevado declive”). Além disso, graças ao Dynamic Body Control a suspensão pode adaptar o seu funcionamento entre os modos Comfort, Sport e Sport+.

Uma das grandes novidades do Mercedes GLC 2019 passa pela introdução do MBUX, que recorre ao ecrã de 12,3” para a instrumentação e outro, com 7” ou 10.25”, para o infotainment. Mas, além destas superfícies táteis, existe ainda a possibilidade de controlar as diversas funções com os botões touch do volante multifunções, os comandos vocais “Hey Mercedes”, os controlos por gestos e o touchpad multifunções. Entre as novidades está também o sistema de realidade aumentada em que, com recurso a uma câmara perto do retrovisor central, se obtêm informações como sinais de trânsito.

Nas assistências de segurança também o SUV está muito bem equipado. Desde logo com as múltiplas valências do assistente à distância de segurança Distronic, que garante sistemas como o cruise control com paragem e arranque. Mas há diversos outros apoios, como apoio à manutenção da faixa de rodagem, travagem de emergência, aviso de saída de faixa e o Parktronic para ajudar nas manobras de estacionamento.

 

Veja também:

AMG GLE 53 confirmado para Genebra
Potência do Mercedes A45 AMG revelada
Nada para o Mercedes Unimog!
Classe V renovada é outro destaque da Mercedes no Salão de Genebra