McLaren anuncia 18 novos modelos, incluindo um sucessor do P1

Texto: Miguel Policarpo
Data: 13 Julho, 2018

A atualização do plano da McLaren ‘Track22’ prevê o lançamento de 18 novos modelos – entre os quais um sucessor do P1 – e variantes até 2025. Mas esta não é a única novidade. A gama de desportivos e superdesportivos da marca será 100% híbrida por volta desse mesmo ano.

A McLaren aproveitou o Festival of Speed de Goodwood para dar a conhecer o seu ambicioso plano ‘Track25’, uma evolução do programa ‘Track22’, desvendado em Genebra em 2016. Dentro de sete anos serão lançados 18 novos modelos, incluindo um sucessor do P1, e variantes, sendo que toda a gama de desportivos e superdesportivos do fabricante de Woking será híbrida. Para alcançar estes objetivos estabelecidos, a McLaren preparou um investimento de 1.2 mil milhões de libras – cerca de 1,36 mil milhões de euros.

A visão da McLaren para 2030 (com vídeo)

Escreve o fabricante que este investimento em 18 novos modelos e variantes vai sustentar um aumento de produção na ordem dos 75% em relação aos níveis atuais, traduzindo-se em 6,000 unidades produzidas por ano a partir da metade da próxima década. Todos esses automóveis serão montados à mão no McLaren Production Centre em Woking, Inglaterra.

A marca reiterou o seu compromisso no desenvolvimento de tecnologia de materiais mais leves e no futuro McLaren Composites Technology Centre, com uma aplicação que ronda os 50 milhões de euros. Ainda na vertente da tecnologia, a McLaren melhorará a segurança cibernética, a funcionalidade de localização de veículos e as atualizações remotas de software (“Over The Air”). A McLaren avaliará novas funcionalidades de condução e apoiará o desenvolvimento de uma nova bateria com carregamento rápido, elevada potência e mais leve.

Veja um McLaren MP4-12C com 1200CV e 3 turbos

Uma novidade incontornável do plano da McLaren é o lançamento de um sucessor do icónico P1. Os britânicos apostarão ainda num reforço da sua presença nos diferentes mercados. Atualmente, a marca tem uma rede de 86 concessionários espalhada por 31 mercados. O objetivo é alcançar os 100 pontos de venda.

“Todos na McLaren permanecem concentrados no seu foco de projetar e fabricar os melhores carros do mundo. Fiel ao espírito da McLaren, no entanto, as nossas ambições continuam a crescer e o nosso plano de negócios Track 25 de 1,2 mil milhões de libras, que abrange 18 novos modelos, incluindo um novo McLaren P1TM, é uma prova clara disso”. referiu Mike Flewitt, Diretor Executivo da McLaren Automotive.

“Somos uma marca de luxo que está comprometida em investir em inovação, seja no desenvolvimento e no fabrico das nossas próprias banheiras de fibra de carbono, como parte de um novo centro de produção (…), em novos propulsores, com a gama híbrida em 2025, ou no lançamento de tecnologia para melhorar a condução e a experiência de propriedade”, acrescentou o responsável.

Leia também: McLaren P1 GT Longtail prepara-se para Goodwood

Partilhar