Mobieco

Publicidade

Novo Maserati Levante vai ser um SUV elétrico com 755 cv

Texto: Carlos Moura
Data: 24 de Janeiro, 2023

Ao abrigo do plano Dare Forward da Stellantis, a Maserati vai tornar-se numa marca elétrica até 2030, o que significa que o Levante deverá tornar-se num SUV elétrico com 755 cv. Outros modelos da marca do tridente acompanharão este percurso de eletrificação. 

A Maserati tem em curso o processo de transformação numa marca de veículos elétricos até ao final desta década, cumprindo a estratégia delineada pela Stellantis no plano Dare Forward 2030. Os modelos elétricos da Maserati vão receber a designação Folgore e o primeiro vai chegar já este ano.

A primeira leva da oferta elétrica da Maserati estará concluída em 2025 com o Levante Folgore, que se juntará aos modelos Grecale, GranTurismo, GranCabrio e MC20. O Ghibli será descontinuado até 2024 juntamente com o bloco V8 da marca.

Uma notícia recente da Autocar sugere que o SUV topo de gama irá ser elétrico na próxima geração, trocando o motor de combustão por uma linha motriz elétrica.

Esta tese é baseada numa citação do CEO da Maserati Davide Grasso que sublinhou a importância de um Levante elétrico e como iria beneficiar do desenvolvimento conjunto no seio das 14 marcas da Stellantis.

Três motores elétricos com 755 cv

Ainda não é explícito se o Levante será exclusivamente elétrico na sua nova geração, já que irá utilizar uma versão modificada da plataforma Giorgio da Alfa Romeo, que também servirá de base ao Grecale e ao GranTurismo. Quer o crossover, quer o coupé terão versões a combustão e elétricas, estando prevista a chegada destas últimas este ano.

LEIA TAMBÉM
Com potências até 755 cv. Maserati Levante vai aderir à Mobilidade Eléctrica

Com ou sem motor de combustão, a Autocar adianta que o Levante Folgore irá estar equipada com uma versão menos potente da linha motriz com três motores elétricos do GranTurismo e tudo indica que a potência será de 555 kW (755 cv).

O GranTurismo Folgore, que já foi revelado no ano passado, terá uma configuração de três motores elétricos com uma potência combinada de 895 kW (1200 cv), permitindo ao gran tourer acelerar dos 0 aos 100 km/h em apenas 2,7 segundos.