Jeep Wrangler Rubicon 1941 mostra potencial Mopar

Texto: Nuno Fatela
Data: 12 Março, 2019

Equipado com vários componentes e elementos estéticos feitos pela Mopar, o Jeep Wrangler Rubicon 1941 é mais uma das estrelas da Jeep em Genebra

A Jeep tem sido uma das marcas com mais fulgor no mercado automóvel europeu, e fez questão de mostrar isso em Genebra com um espaço repleto de novidades. Agora temos informações sobre mais um desses modelos, o Jeep Wrangler Rubicon 1941. Fazendo companhia às versões “S” para a gama, que mostram uma faceta mais desportiva do fabricante americano, e aos híbridos que mostram um futuro mais ecológico, este modelo serve para enfatizar as capacidades de personalização da Mopar. Que fornece tanto equipamentos para melhorar o comportamento, com as Performance Parts by Mopar, como para levar ainda mais além a estética, os Authentic Acessories by Mopar.

Entre as novidades que aumentam as capacidades off-road do Jeep Wrangler Rubicon 1941 surgem o kit que eleva a suspensão em 2”, o snorkel, as proteções laterais, os guarda-lamas e tampa de combustível a negro e ainda os tapetes all-weather para o habitáculo. Juntam-se ainda diversos acessórios para o visual, como as luzes TT, capas de retrovisores a preto, cobertura para proteger a mala e bancos do sol. Esta edição, que além do Rubicon também será lançada com os Sport e Sahara, conta ainda com um traço especial. Tratam-se dos elementos a recordar aquele que é, provavelmente, o mais importante momento na história da marca, o lançamento do primeiro Willys em 1941. Para isso, a data surge registada de forma bem visível em locais como as portas e o capot, contrastando a preto com a pintura Hella Yela.

 

Veja também:

Jeep leva os seus híbridos a Genebra
Gama S e Compass Night Eagle são destaque Jeep no certame helvético
Jeep Gladiator confirmada pare o mercado europeu
Jeep mais forte…

Partilhar