Jeep Grand Cherokee entra na unidade antiterrorismo italiana

Texto: Nuno Fatela
Data: 7 Novembro, 2018

O SUV está agora ao serviço dos Carabinieri, com o Jeep Grand Cherokee a receber várias alterações para ingressar na unidade antiterrorista das forças policiais transalpinas

Bem sabemos que os Jeep são modelos preparados para todas as situações e cenários, mas agora a marca leva isso para um novo patamar de preparação, já que o Grand Cherokee foi escolhido pela unidade antiterrorismo da polícia italiana. Os Carabinieri vão poder contar com dezanove exemplares do SUV, equipados com motor V6 3.0l Multijet de 190cv, que canaliza a potência para as quatro rodas através de uma transmissão automática de oito velocidades.

 

Para poder entrar ao serviço da unidade antiterrorismo dos Carabinieri, o Grand Cherokee recebeu várias alterações especiais, onde se destaca a blindagem de várias zonas, entre as quais os vidros, portas e carroçaria. Também os pneus foram modificados para poderem lidar com potenciais ataques inimigos. A Jeep afirma que todas estas preparações deram origem a um “veículo tático capaz de assegurar segurança ao mais elevado nível aos homens e mulheres da Força, proporcionando excecional fiabilidade mecânica para realizar com sucesso cada missão”.

Além do trabalho na mecânica e estrutura, também a estética recebeu uma atenção especial, para conseguir intimidar e dissuadir os criminosos. Dessa forma, o Jeep Grand Cherokee surge com uma ameaçadora pintura preta, combinada com luzes azuis no topo, dianteira e traseira, e os logos dos Carabinieri.

Partilhar