Jaguar mostra laços de sangue entre os XE mais desportivos

Texto: Nuno Fatela
Data: 19 Outubro, 2018

Os Jaguar XE 300 Sport e Jaguar XE SV Project 8 juntaram-se para um vídeo espetacular, em que foram o utensílio perfeito para fazer uma bela obra de arte na mais mítica praia britânica para os amantes dos recordes de velocidade

Apesar de separados por 300cv de potência, duas das mais entusiasmantes versões da gama do Jaguar XE encontraram-se para um vídeo bem interessante. Foi em Pendine Sands, a praia britânica que Malcolm Campbell tornou famosa pelos recordes de velocidade nas décadas de 1920 e 1930 (atingindo até 281 km/h), que nasceu uma obra de arte assinada pelas berlinas desportivas. O Jaguar XE 300 Sport associou-se ao Jaguar XE SV Project 8 para fazer nascer uma gigantesca hélice dupla, num incrível trabalho que pode ver no vídeo seguinte.

Destaca-se nesta gravura com 1000 de comprimento a precisão dos traços. Algo que, afirma a marca, foi possível graças à dinâmica e manobrabilidade excecional oferecida pelo chassis em alumínio leve partilhado pelo Jaguar XE 300 Sport e o XE SV Project 8. Isso foi seguramente essencial para esta bela dança no areal de Pendine Sands, que permitiu aos dois modelos fazerem nascer uma verdadeira obra de arte. Mas não podemos esquecer outro “pequeno grande” detalhe. Falamos dos motores, a começar pelo bloco 2.0L de 300cv que equipa o Jaguar XE 300 Sport. Que, apesar de já ser bem interessante, debita apenas metade do que o seu parceiro de dança, com o SV a equipar um bloco 5.0l sobrealimentado com 600cv. Um propulsor que, além de ajudar a fazer “brincadeiras” na areia, também se revelou essencial para o recorde obtido pelo Project 8 em Nurburgring.

Partilhar