Intel recruta LeBron James para publicitar autónomos (c/vídeo)

Texto: Miguel Policarpo
Data: 10 Outubro, 2017

A Intel mantém a aposta no desenvolvimento de sistemas de condução autónoma para os automóveis, reunindo esforços com fabricantes como a BMW, que vai registando avanços nesta área, e o Grupo FCA, tendo comprado também a empresa Mobileye. E agora associa-se a outra figura mediática: o basquetebolista LeBron James. Quem melhor do que um desportista com 2,03 metros para mostrar a confiança nos autónomos?

Os carros a conduzirem-se sozinhos, sem intervenção humana, é um conceito que pode ainda deixar de pé atrás muitos condutores ou até mesmo pessoas que não conduzem. Tendo isto em mente – e para acabar com estes receios – a Intel, uma empresa norte-americana gigante no mundo da informática recrutou LeBron James para a sua campanha publicitária de automóveis autónomos.

Leia também: Criada parceria essencial para a condução autónoma

‘LeBron James destemido’, é o título do vídeo promocional em que LeBron James se desloca num automóvel autónomo. E parece gostar da experiência. “Vou ficar com ele”, diz o basquetebolista, atualmente ao serviço dos Cleveland Cavaliers. Alguém habituado a pressões no seu dia-a-dia e a grandes palcos é a cara perfeita para mostrar a confiança nos autónomos.

Kathy Winter, vice-presidente da intel para a condução autónoma, considera a aceitação social é um dos princípios para o sucesso da condução autónoma. Tendo em consideração que “os acidentes de automóvel que podem ser imputados a erro humano causam mais de um milhão de mortos por ano”, disse a responsável ao meio The Verge, concluindo que “é dos carros conduzidos por humanos que as pessoas devem ter medo”.

Pelo menos LeBron James não tem medo dos autónomos…

Leia também: Audi mostra mobilidade autónoma em Frankfurt