Mobieco

Publicidade

IM L6 passa teste do alce…sem condutor!

Texto: Carlos Moura
Data: 5 de Abril, 2024

O IM L6 da SAIC passou o teste do alce a uma velocidade de 70 km/h, mas sem ninguém ao volante, como é prática habitual neste tipo de procedimento. O chassis digital inteligente é o elemento que contribui decisivamente para o desempenho desta berlina da marca da SAIC, que virá para a Europa.

A MI Motors, detida pelo construtor chinês SAIC Motor (dono da MG e da Maxus, entre outras), divulgou um video onde aparece a sua berlina L6 a fazer o teste do alce a uma velocidade de 71 km/h. Não pode parecer impressionante até nos apercebermos que a prova foi efetuada sem ninguém ao volante nem dentro do carro.

Na altura do lançamento do IM L6 em maio do ano passado, a SAIC Motor elogiou o elevado desempenho da berlina que se devia ao “chassis digital inteligente”, o qual permitia prestações quase impossíveis de alcançar por outros carros.

Regra geral, o teste do alce é efetuado com uma pessoa em cada banco e peso na bagageira, mas, segundo as imagens do video, este foi efetuado sem ninguém a bordo. A manobra envolve evitar um obstáculo imaginário, fazendo um desvio e depois outro a seguir para o carro retomar à trajetória original.

Sem ninguém a bordo, o IM L6 deveria fazer o teste do alce a uma maior velocidade. O elemento chave para o teste é a estabilidade do carro. A primeira geração do Mercedes-Benz Classe A ficou famosa por ter capotado a uma velocidade de 60 km/h quando tentava fazer o teste. 

Quatro rodas direcionais

Provavelmente a ajudar o IM L6 a alcançar este resultado encontra-se o sistema de quatro rodas direcionais, que faz parte do chassis digital inteligente, o qual permite fazer coisas como andar tipo caranguejo, virar 45º no local e revolucionar o estacionamento em paralelo.

LEIA TAMBÉM
Irmã da MG. Chinesa SAIC Motor anuncia nova marca “premium” para a Europa

O segredo para a realização destas manobras está no VMC (controlador de movimento do veículo). Após receber vários comandos consegue controlar o movimento em seis direções (frente, trás, esquerda, direita, cima, baixo) através da coordenação entre a direção, a travagem e a suspensão.

Baterias de 90 kmW e 100 kWh

Apresentado em fevereiro no Salão Automóvel de Genebra, o IM L6 deverá vir para a Europa. Com um comprimento de 4,93 metros, largura de 1,96 metros, altura de 1,47 metros e distância entre-eixos de 2,95 metros, esta berlina elétrica estará disponível numa versão de tração traseira com peso de 2040 kg e integral com 2250  kg. 

A versão com tração traseira vem equipada com um motor elétrico de 250 kW (340 cv), enquanto a de tração integral em um motor elétrico de 379 kW (515 cv) e à frente de 200 kW (272 cv). 

No lançamento estarão disponíveis duas opções de bateria NCM da CATL com capacidades de 90 kWh e 100 kWh, as quais asseguram autonomias em ciclo chinês CLTC entre 700 km e 770 km.